Entrar

Viagem de Moto pela Península Ibérica

Viagem de moto pela Europa

Estou começando mais uma viagem de moto, desta vez pela Espanha e Portugal. Já estive na Espanha no ano passado, na região do País Basco e na fronteira com a França, me divertindo nas centenas de curvas das estreitas estradas rurais (asfaltadas) que atravessam os Pirenéus. Aquela viagem eu fiz junto com um grande amigo que mora na França, o Vanildo. Portugal será o 11º país que vou conhecer pilotando uma moto.

Não tinha programado realizar nenhuma viagem para fora do Brasil este ano, mas surgiu uma boa oportunidade quando fui convidado a participar de um seminário promovido pela Harley-Davidson em Sevilha, na Espanha. A tentação foi grande para aproveitar a participação no evento, alugar uma moto e conhecer algumas regiões da Espanha e Portugal que não conheço.

A primeira providência foi verificar a disponibilidade de tempo. Consegui umas férias curtas no trabalho, 10 dias, que junto com um fim de semana faziam 12 dias corridos. É pouco para uma grande viagem, mas suficiente para conhecer algumas das famosas atrações da Península Ibérica.

Neste meio tempo recebi uma sugestão: porque não leva seu filho desta vez? O Álvaro é meu companheiro de viagens no Brasil, ótimo garupa, mas nunca havia feito uma viagem para o exterior com ele. Porque não? Tem o feriado do dia 12, semana do professor... Ele ficou extasiado. E eu vou ter a oportunidade de passar uns bons dias só com ele, pai e filho pelas estradas europeias...

Começamos as providências. Olhar melhor dia para o voo, preço, companhia aérea... Caramba, logo agora o Real desvaloriza, o Euro sobe e eleva os preços das passagens, hotéis, alimentação, despesas...

Para a Europa o brasileiro não precisa de visto, meu passaporte está em dia, mas faltava o do Álvaro. Agendamos o dia de fazer o passaporte, reunimos os documentos e na hora marcada estávamos lá. Só que o danado esqueceu um documento. E faltava menos de um mês para a data da viagem. Sorte que conseguimos uma nova data para duas semanas depois. Ameacei-o mais de uma vez que, se esquecesse algo novamente ele ficaria para trás. Mas deu tudo certo na segunda tentativa.

Enquanto isto eu olhava a moto que iríamos utilizar. A primeira opção, mais barata, fácil de encontrar na Europa eram as BMWs. Mas ir a um seminário da Harley com uma BMW? Portugal não tem Harley para alugar, então, fui olhar em Madrid. Achei na concessionária local, mas a um preço bem salgado. Como seriam por poucos dias, resolvi encarar assim mesmo. Fiz a reserva pelo site, recebi a confirmação automática e a informação de que deveria fazer um depósito de 50% do aluguel no ato da reserva, mas sem nenhuma orientação sobre como fazer. Tentei contato por e-mail, mas não recebi retorno. Consegui o telefone da concessionária e liguei pelo Skype. Caramba, espanhol pelo telefone é mais complicado que pessoalmente. Mas consegui contato com o responsável e combinamos de continuar a conversa por e-mail. O problema era que eles não aceitavam cartão de crédito para pagar o depósito. Aí foi outra novela: a solução foi uma transferência internacional de valores. Taxas e imposto de renda em cima do valor, mas no final deu certo.

Enquanto providenciava a moto, comprava as passagens aéreas e corria atrás dos documentos, eu navegava na internet para ver as opções de roteiro que poderíamos fazer em tão curto tempo e tanta coisa para ver. No final chegamos neste roteiro abaixo. O Google não traçou exatamente o que vamos percorrer, mas a ideia é fazer muito próximo disto. Estamos levando um GPS, que já utilizei na Europa no ano passado, e nele eu programo para evitar auto estradas. Na Europa este recurso nos leva aos lugares mais bonitos e surpreendentes de se ver, sem os riscos que corremos ao fazer isto por aqui.

Roteiro viagem de moto pela Península Iberica

Voltando à viagem, a ideia é ficar em Madri dois dias fazendo turismo a pé e de metrô, pegar a moto na segunda e neste mesmo dia seguir para Portugal, parando em algumas cidades para conhecer suas atrações. Pernoitar numa cidade logo que atravessar a fronteira, seguir para Lisboa no dia seguinte e ficar rodando pela região por dois dias. Depois seguir para Sevilha, participar do seminário e ficar por lá três dias. Por fim seguir para Toledo, onde vamos pernoitar e devolver a moto na segunda-feira cedo em Madri.

Neste momento estamos em Guarulhos, aguardando o avião que nos levará para o outro lado do Atlântico. Vou tentar manter todos informados sobre o dia a dia da viagem se não tiver problemas com a internet.

Abraços a todos e até amanhã.

Comentários (11)

  1. Youssef

Estou torcendo para que dê tudo certo.
O local é lindo.
Estive lá no início deste ano.
Aguardamos notícias.
Forte abraço.
Youssef

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização