Península Ibérica

Viagem de moto que Rômulo Provetti, fez pela Espanha e Portugal, na companhia de seu filho Álvaro. Eles alugaram uma Harley-Davidson em Madri e percorreram as belas estradas daqueles países europeus, conhecendo cidades com muita história e cultura.

Viagem de Moto pela Península Ibérica

Estou começando mais uma viagem de moto, desta vez pela Espanha e Portugal. Já estive na Espanha no ano passado, na região do País Basco e na fronteira com a França, me divertindo nas centenas de curvas das estreitas estradas rurais (asfaltadas) que atravessam os Pirenéus. Aquela viagem eu fiz junto com um grande amigo que mora na França, o Vanildo. Portugal será o 11º país que vou conhecer pilotando uma moto.

Belo Horizonte - madri

A viagem de Belo Horizonte até Madri foi cansativa, claro, mas bem tranquila. Viemos em um voo da TAM com escala em Guarulhos e chegamos por volta de 13 horas, horário local e, como sempre acontece nas viagens de avião, devo ter cochilado no máximo uns 30 minutos durante toda a noite.

Madri

Hoje nós andamos muito, mas muito mesmo, para descobrir que Madri tem tantas atrações interessantes que dois dias são pouco para conhecer todas, mesmo que superficialmente. Além de tudo é uma cidade amistosa, atraente e com um povo muito receptivo, aberto e preparado para receber turistas.

1º dia - Madri - Covilhã

Nossa viagem começou efetivamente hoje, quando pegamos a moto e fomos para a estrada. Estamos agora em Covilhã, Portugal, uma pequena cidade ao pé da Serra da Estrela, que vamos percorrer amanhã. Como toda viagem, tivemos hoje alguns percalços e curiosidades, que vou contar a seguir.

2º dia - Covilhã - Lisboa

Hoje o dia foi excelente, cheio de descobertas. Percorremos com a Harley as ótimas estradas de Portugal e conhecemos alguns lugares muito bonitos e surpreendentes, a começar pela Serra da Estrela, com suas curvas divertidas e seguras de fazer com moto.

3º dia - Lisboa

Hoje deixamos a moto estacionada e fomos andar pela cidade para tentar conhecer pelo menos um pouco da Lisboa dentro do tempo que tínhamos disponível. Constatamos que um dia apenas foi muito pouco para conhecer tudo que gostaríamos da cidade.

4º dia - Lisboa - Sevilha

Hoje Saímos de Portugal e retornamos para a Espanha, evitando as auto estradas e passando por estradas nacionais, regionais e até rurais. Em uma delas o piso estava com muitas irregularidades o que nos fez passar um grande aperto em uma curva fechada que entrei com velocidade acima do que deveria, quase indo para o mato. Mas passado o susto, serviu de alerta para não abusar da sorte.

5º dia - Sevilha

Chegamos ontem a Sevilha, na Espanha, para participar do Hot Seminar, um seminário promovido pela Harley-Davidson como parte do HOG Training Officer, um treinamento para oficiais de Chapter, que são os grupos de proprietários de Harley que existem em cada cidade onde tem uma revenda da marca. O evento é muito bem organizado e conta com a participação de representantes de mais de 50 países.

6º dia - Sevilha

No segundo dia da nossa participação no seminário da Harley-Davidson em Sevilha recebemos mais dicas sobre como manter um grupo de motociclistas unido, planejar e realizar passeios e viagens com segurança e estilo, técnicas e pilotagem.

7º dia - Sevilha - Toledo

Saímos de Sevilha com nossa Harley em direção a Toledo e ao contrário dos dias anteriores, utilizamos somente as excelentes auto estradas da Espanha para permitir cobrir uma distância maior em um tempo menor para chegar cedo em Toledo e conhecer um pouco da cidade ainda no dia de hoje.

8º dia - Toledo - Madri

Acordamos, tomamos o café da manhã no próprio hotel e pegamos estrada para Madri. Tínhamos que chegar lá cedo para deixar a bagagem no hotel e entregar a moto na concessionária Harley-Davidson até às 11 horas.

Na porta do hotel o termômetro marcava 11º. Na estrada, a sensação térmica ficava em torno dos 5º ou menos, uma temperatura muito diferente da que pegamos normalmente na estrada nos últimos dias quando sempre saímos mais tarde.

Madri - Belo Horizonte

Tiramos o último dia para mais algumas visitas, conhecer um pouco mais as ruas de Madri e voltar a rever alguns lugares que gostamos mais. Mas sem a moto a viagem perde um pouco da graça, mesmo estando em Madri, uma cidade fantástica.

Acordamos um pouco mais tarde, arrumamos as malas, agora sem a preocupação de colocar as roupas nas sacolas plásticas, pois não seria mais necessário transferi-las para os alforjes da moto.

Vídeo da viagem de moto pela Península Ibérica

Abaixo está o vídeo com uma seleção de imagens da viagem de moto realizada por Rômulo Provetti e seu filho Álvaro por Espanha e Portugal utilizando uma Harley-Davidson alugada em Madri, na Espanha.