Só fiz um trajeto tão longo neste dia porque me senti bem para fazê-lo. Por volta das 22 horas, depois de ter percorrido 12.138 km de estradas do Brasil, Argentina e Chile, as icônicas Carretera Austral, Rutas 3 e 40 e conhecido Ushuaia na Terra do Fogo, extremo sul do Continente Americano com uma Yamaha Ténéré 250cc, cheguei em casa são e salvo.

Percorridos 1118 km

Relacionei algumas ocorrências, observações e aprendizados dessa viagem de moto:

  • Notei que fiz 4 dos 18 dias da viagem acima dos 900 km.
  • Não cai nenhuma vez, mas passei reto em curvas umas cinco vezes;
  • A moto tombou uma vez e isso me irritou. Estava com a chave virada na hora da queda, mas ela não estava funcionando;
  • O pneu furou no remendo, me ensinando a não usar câmara remendada;
  • Não usei todas as roupas que levei, pois lavava as que usava diariamente no hotel quando chegava;
  • O passaporte levou 18 carimbos, alguns em cima de outros.
  • O suporte do GPS passou pelo rípio, mas quebrou enquanto pilotava na BR 153;
  • Essa viagem mostra que é possível ir com qualquer moto para qualquer lugar distante, desde que ela esteja bem revisada;
  • Sozinho você se obriga a conversar com mais pessoas e buscar soluções para todos os problemas que aparecem pelo caminho;
  • Conhecimento e memórias, estes não somem e não ocupam espaço na estante, mas ressalto que até Torres del Paine a viagem se mostrou incrível;
  • O fim do mundo é um destino de superação, mas não me encantou tanto quanto o Salar de Uyuni ou San Pedro do Atacama;
  • Não usei reboques desses que levam e trazem a moto, mas respeito esse “jeitinho” de viajar de moto, mas não gosto que batam no peito e digam que “fizeram uma grande viagem”. Sabemos que não!;
  • O custo total da viagem foi entre R$ 3800 a R$ 4000 Reais;
  • O custo da comida é mais caro que da hospedagem em hotel;
  • Há muito ainda a percorrer, lugares onde posso chegar com qualquer moto. Desde que eu tenha força de vontade, poderei ir além.

Grato a todos.

Comentários (6)

  1. Diego Almeida

Parabens pelo relato e odisseia! muito top!
Pedi para add no face para trocarmos figurinhas
Abraços
Diego

  1. FRANCISCO MANOEL DA SILVA

Ok, Fernando
O seu diário de viagem, foi além de incentivador, serviu para a gente ter o norte dos percalços que podem vir a ocorrer, ou não.
Valeu, quem sabe não nos encontraremos por essas estradas.

  1. Alcir Santana (TITI)

Parabéns! show está tua viagem! Tenho uma tenere 250, 2011 com 30. 000km, pretendo fazer o ushuaia, este teu relato me dá uma grande noção do que posso enfrentar, pretendo fazer final deste ano com mais dois amigos.
Sou de Bombinhas SC.

Parabéns!

  1. Fernando Araujo

Tem muito mais fotos no face...
É que com a dificuldade que armazenagem de tanta foto e video fica meio dificil postar tudo. Mas se quiser acompanhar... só clicar.
Seu texto para linkar
Ainda postarei muitos videos... (41)91945112

  1. Rodrygo

Parabéns pela coragem de ir sozinho e obrigado pelas dicas durante a viagem. Apesar de lindas as fotos que postou, infelizmente me pareceu pouco. Sei que são para uso da 'sua' biblioteca pessoal, porém mais fotos seria bacana. Sou de Curitiba (bairro São Lourenço) e estou desde 2015 namorando este life style de moto turismo.. Patroa já comprou a ideia, um dos carros já está a venda, tão logo seja vendido, pego uma motoca pra começar devagar, viagens menores para relembrar o jeito e gradualmente ir cada vez mais longe. Na America, me encanta Argentina, Chile e Perú, além claro do nosso Brasil maravilhoso. De qualquer forma, se quiser um futuro contato e parceiro de viagens, me escreva por email que aos poucos vamos trocando experiências. Abrass.

  1. Antonio Carlos Fernandes

Olá Fernando. Show de viagem foi a sua, com certeza. Lendo seus textos lembrei da minha em Janeiro/fevereiro de 2015, mas ficamos apenas na Argentina Ruta 3 e a 40 até El Calafate e el Chaten. Cara, sozinho com certeza é uma bruta aventura. Saíba que aprendi um pouco mais com seu cotidiano na estrada e a Moto foi valente. O planejamento é tudo na viagem, mas o que teremos para contar ao amigos é justamente o que sai do planejamento. Isso é a viagem. Claro que não desejamos desastres, mas tudo pode acontecer.

Moro em São José/SC, e quando passar por estas bandas, dê um toque.
48-8816-2840
caprona.co@gmail.com
wwwcaprona.blogspot.com (sem o ponto depois do WWW).

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.