América do Sul de NX350 Sahara

Inspirado em livros de viagens de moto pela América do Sul, o motociclista mineiro Wladimir Rocha resolveu fazer uma viagem com uma Honda XN 350 Sahara com 25 anos de uso. Durante 25 dias ele percorreu 10.500 km de estradas do Brasil, Peru, Bolívia, Argentina e Paraguai com sua moto.

20º dia de viagem - Monte quemado - Assunção

Acordei cedo com o intuito de rodar mais e recuperar a estrada perdida na noite anterior. Antes de sair, conversei com uns caras sobre futebol. Eram torcedores do River Plate e Boca, então foi aquela discussão por conta do último jogo entre eles (risos). O hotel não tinha desayuno, então tomei café na loja de conveniência de um posto, na saída da cidade de Monte Quemado.

21º dia de viagem - Assunção - Foz do Iguaçu

"Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá." (Charles Chaplin).

Nesse 21º dia de viagem percorri 334 km com muita chuva e muito trânsito. Parecia que eu havia percorrido no mínimo o dobro de quilômetros. No total foram 8.837 km percorridos desde que iniciei a minha viagem de moto pela América do Sul.

22º dia de viagem - Foz do Iguaçu - Campo Mourão

"Lo que teníamos en común: nuestra inquietud, nuestro espíritu soñador, el incansable amor por la ruta."

À noite foi de chuvas fortes em Foz do Iguaçu, amanheceu muito nublado, mas sem chuva. Um bom café da manhã e fui pegar a moto para continuar viagem. No estacionamento do hotel, as BMWs faziam companhia à capitão América. Olhando melhor, vi que além de GS1200 e F800GS haviam muitas do modelo F700GS, inexistente no Brasil. Outro detalhe: as motos chilenas tinham placa dianteira fixada por dentro da bolha (risos).

23º dia de viagem - Campo Mourão - Jaboticabal

"Maria yo sé que usted treme! Tener em casa a tu papá"

Antes de sair de Campo Mourão, uma cidadezinha bem legal no interior do Paraná, eu precisava ver umas coisas na Capitão América. A relação não estava legal, o pedal de câmbio não dava mais aperto e não chegaria a BH, e já estava na hora de trocar o óleo do motor.

25º dia de viagem - Jaboticabal - Belo Horizonte

O último dia de uma grande viagem de moto é um dia muito especial e também de grande ansiedade. Foram 25 dias na estrada, 5 países, 5 moedas diferentes, paisagens incríveis, contato com costumes, hábitos e culinária desses povos.

Conteúdo relacionado - América do Sul