Norte do Brasil

Relatos de viagens de moto realizadas pelo Norte do Brasil com informações que vão te ajudar a planejar a sua próxima viagem.

Viagem de moto pelas 139 cidades do Tocantins

O Desafio 139 teve o objetivo de percorrer todos os 139 municípios de Tocantins, mostrando as belezas naturais do estado e a diversidade do povo tocantinense. A ideia surgiu logo após uma viagem que fiz com a minha moto, uma Honda Titan 150, até o litoral da Bahia, quando muitas das pessoas com quem me encontrei na estrada me perguntaram como era o Tocantins. Eu não sabia responder e só falava que conhecia o Jalapão por fotos.

Viagem de moto de Natal até Belém

No início de dezembro passado recebi um convite dos meus amigos Fuzileiros Navais, para participar de um encontro que fariam na cidade de Belém (PA). Decidi então que faria uma viagem de moto da Cidade do Sol (Natal - RN), onde moro, até a Cidade das Mangueiras (Belém do Pará), para participar do evento.

9000 km com uma Royal Enfield pelas piores estradas do Brasil

No inicio de 2015 fui convidado por alguns amigos para participar de uma aventura: cruzar a Transamazônica de moto. Já era um sonho antigo meu, só faltava uma oportunidade, então o convite foi juntar a fome com a vontade de comer.

Com o desenrolar do projeto, tivemos uma visão do JAQUES!

De São Paulo à Ilha de Marajó

Um grupo com três casais paulistas está na estrada com suas motos, realizando uma viagem de São Paulo até a Ilha de Marajó no Pará. O roteiro inclui estradas de 17 estados brasileiros, com um percurso de ida pelo interior do país e retorno pela costa brasileira, incluindo o litoral nordestino, totalizando cerca de 10 mil quilômetros em 24 dias.

Pelos caminhos do Jalapão

Primeiro dia: os companheiros da Motobelle Adventure, Mauro Vieira, Oswaldo Júnior e Eduardo foram dar o apoio moral na despedida. Minha família também estava presente, sempre demostrando preocupação com as viagens de moto solitárias que eu faço. Saí de Goiânia às 9 horas da manhã pela BR 060 com destino a Brasília. Peguei chuva até a cidade de Abadiânia, parada obrigatória na rota 060 e ponto de encontro tradicional dos motociclistas de Brasília e Goiânia. Depois de um breve lanche e bate papo com os companheiros de estrada, segui com destino a Brasília.

É pertinho, logo aí

Vamos para o Jalapão?" Disse meu amigo Avê. - É muito longe? - Não, é pertinho, logo aí. (depois de mais de 18 anos participando como apoio do Rally dos Sertões, é pertinho para ele)

Como não tinha planejado nada para o final de ano, resolvemos ir com a família. 2000 km de ida de caminhão levando as motos, 2 dias de viagem e chegamos em Ponte Alto. Eu estava achando que chegamos ao nosso destino, mas agora que começava a aventura de 400km.

Expedição Jalapão

Quem tem como hobby viajar sobre duas rodas sabe como é bom sentir o vento no rosto, ter como plano de fundo uma paisagem e a sensação que você se integra nela. Buscando sentir novas experiencias, eu e meu primo Hudson Rosa passamos por 119 cidades de 4 estados em uma expedição com destino a Tocantins, ele com uma Teneré 250 e eu com uma XRE 300.

Expedição Transamazônica

Durante 22 dias, os motociclistas Alexandre Guimarães e Luis Carlos Honório realizaram entre agosto e setembro passados uma viagem de moto de Minas Gerais até o norte do Brasil, passando pela - BR-230 (Rodovia Transamazônica) e BR-319 (Rodovia Fantasma).

Transamazônica e Rodovia Fantasma

O grupo formado pelos três motociclistas paranaenses, Fábio Katsuya Obu e Luiz Berini, ambos de Maringá, e Robson Ramos, de Telêmaco Borba, percorreu no mês passado a Transamazônica e a Rodovia Fantasma, no Norte do Brasil.

A viagem de moto durou nove dias, durante os quais eles percorreram 2100 km da BR 230 (Transamazônica) de Marabá no Pará a Humaitá no Amazonas e os 670 km da BR 319 (a Rodovia Fantasma) de Humaitá a Manaus.

Dupla de aventureiros tem de pagar pedágio para índios

Os dois empresários francanos Paulo César de Paula Souza, 49, e Milton Portieri Maciel, 32, que partiram há duas semanas para uma viagem de moto de 10 mil quilômetros pelo Norte do país, tiveram que pagar um "pedágio" na semana passada, para os índios da tribo Jamanchim, antes de adentrarem na Estrada do Estanho, no Pará. O trecho de 490 quilômetros é considerado um dos mais difíceis da aventura da dupla. Depois de desembolsarem R$ 10 cada um, eles foram autorizados a percorrer a estrada de terra, areia e muitos buracos. A travessia durou 15 horas.

Conteúdo relacionado - Viagens pelo Brasil