Livro sobre viagem de moto histórica

Nos Deliciosos Anos Dourados

Relato de uma viagem de moto do Rio de Janeiro até a Paraíba, realizada no final dos anos 1950.

Viagem de moto America do Sul

Expedição 5 Fronteiras

Um grupo de motociclistas realiza uma viagem de moto pelas estradas do Brasil, Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai.

22 Viagem de moto America do Sul 060

Norte da América do Sul

Viagem de moto pelo norte do Brasil, Guiana Francesa, Suriname, Guiana e Venezuela.

viagem de moto

Projeto Vientos Blancos

Atravessando as fronteiras do Brasil, Argentina, Bolívia e Chile para conhecer América do Sul.

viagem de moto

Nordeste do Brasil

Com uma Yamaha Midnight Star, motociclista paulista faz uma viagem de moto pelo Nordeste.

viagem de moto

Volta à América do Sul de 125cc

Motociclista português realiza uma viagem com uma moto de baixa cilindrada pela América do Sul.

Um casal recifense e 14.875 km de aventura!

Somos Rosana e Luciano, recifenses, que percorremos com nossa moto Honda CB 500X um total de 14.875 km de estradas de vários estados brasileiros e cinco países durante 29 dias do mês de janeiro...

Viagem de moto pela Serra da Canastra

Estava tudo preparado para esta viagem de moto, há muito tempo sonhada. Saí de casa às 9h, deixei minha filha no serviço e às 9h30 entrei na rodovia Anchieta, tendo como destino Delfinópolis (MG),...

Um dia em Piracicaba

A ideia do passeio surgiu quando nos deparamos com uma semana de trabalho mais curta. Sim, haveria um feriado nela. Maravilhoso, bom para descansar a mente. Foi então que pensamos em fazer um...

De São Bernardo até a praia dos Castelhanos

Segunda de Carnaval, nada como ir para a avenida. Avenida não, vamos para a estrada! Meu filho, nossa branquela (Yamaha Ténéré 250-2011) e eu. Levantamos cedo, preparamos a mochila com algumas...

Patagônia de vento em popa

Nossa tão sonhada viagem pela Patagônia está chegando ao fim. Estamos voltando pra casa. Já percorremos 8 mil quilômetros desde que partimos rumo ao Ushuaia, temos ainda 5 mil pela frente, até a...

Livro viagem de moto Ushuaia e PatagôniaLIVRO COM PLANEJAMENTO, RELATO E FOTOS DE UMA VIAGEM DE MOTO ATÉ USHUAIA
 

Mais viagens.

Viagem ao Extremo Sul do Brasil

Entre os dias 11 e 21 de dezembro, dois amigos, Luciano Grein e Fabio Tissot fizeram uma viagem de...

Leia Mais...

Viagem de moto ao Atacama

Um ótimo relato de uma viagem de moto que durou 19 dias para percorrer 7.150 km do Brasil,...

Leia Mais...

Tail of the Dragon

Dançando com minha "boneca" Honda Gold Wing no Tail of the Dragon on road US 129, onde o perigo...

Leia Mais...

Vale Europeu e Parque Vila Velha

Aos 65 anos, o motociclista goiano Mauro Gomes gosta de viajar de moto com amigos veteranos como...

Leia Mais...

Dicas para sua viagem

Livros

História da Motocicleta

Dia Nacional do Motociclista

Até 1998, existiam várias datas no Brasil em que era comemorado o Dia do Motociclista. Cada...

A história da Royal Enfield

A empresa Enfield Manufacturing Co.Ltd. de Reddicth, próximo a Birmingham, começou em 1893...

O primeiro clube feminino de motos

O Motor Maids foi fundado em 1940 por duas senhoras que queriam tornar mais fácil (e mais seguro)...

Textos legais

Motociclistas

Existe diferença entre eles? Pergunto... Claro que há, respondo! Enquanto uns utilizam motos para...

Planejamento nas viagens de moto

Esse breve e despretensioso manual vai tentar ajudar os motociclistas iniciantes em suas viagens...

O Touro Ciumento

Passagem curiosa aconteceu quando eu e o garupa viajávamos de moto por estrada de terra através de...

Viagem de moto pelo norte do Brasil

Em plena selva amazônica, a caminho de Manaus, pela “Rodovia Fantasma”

De Humaitá rumaram para Manaus, ainda pela BR-319, que nesse longo trecho é conhecida como “Rodovia Fantasma”. Nos mapas, consta um aviso: “Antes de trafegar pela BR- 319, certifique das condições da estrada”. Nela, os primeiros 40 km estão asfaltados precariamente. Depois segue-se mais ou menos 100 km de terra, com milhares de buracos. A partir daí a BR-319 praticamente não existe. Daí o apelido: “Rodovia Fantasma”. O que na verdade existe é uma trilha tomada pela floresta, com buracos e crateras se sucedendo, onde atravessar as dezenas de cursos d’água só é possível através de verdadeiras armadilhas de madeira, que se transformaram as pontes. É a natureza reocupando o lugar que o homem teima em lhe tomar, rasgando as entranhas da mata.

Viagem de moto pelo norte do Brasil

Em todo esse trecho, com cerca de 640 km, não existe nada onde se apoiar. A gasolina para as motos foi transportada em garrafas pet de dois litros amarradas à bagagem. No início do trecho, três motociclistas argentinos, que vinham de Buenos Aires, pilotando motos BMW GS-1200 (excelentes máquinas, próprias para esse tipo de aventura), juntaram-se ao grupo. A esse propósito, considerando o forte espírito de camaradagem que prevaleceu no grupo, Felipe Miranda afiançou que depois dessa viagem, passou a enxergar os argentinos com outros olhos. Nada da desconfiança secular que foi inculcada entre esses dois povos vizinhos. “Nunca mais vou falar mal dos argentinos”, disse ele.

Durante o trajeto tiveram que refazer várias pinguelas de madeira, para que as motos pudessem passar. No segundo dia desse percurso, o Tenente Trant caiu com sua moto em um buraco da Rodovia Fantasma. De imediato um dos argentinos parou a sua moto e o socorreu. A Lander 250 cc quebrou a carenagem, o painel, o bauleto e a manete da embreagem. O piloto machucou o ombro e teve que continuar a viagem tomando analgésicos, considerando as fortes dores decorrentes do ferimento. Já em Belo Horizonte, diagnosticou-se rompimento de ligamentos, com indicação de cirurgia para a correção da lesão.

Viagem de moto pelo norte do Brasil

O primeiro pernoite aconteceu com os pilotos armando suas barracas “iglu”, para uma pessoa, na área cercada de uma torre da EMBRATEL. A precaução tinha sua razão de ser. Desligados os motores, as “vozes” da floresta soavam aterradoras e a presença de felinos de grande porte era certeza. A segunda noite os encontrou em um vilarejo, chamado Castanho. Ali todos se acomodaram em uma tosca pensão. No terceiro dia desse percurso, os motociclistas chegaram a um vilarejo, cerca de 100 km de Manaus, chamado Igapó Açu. Ali, pela primeira vez, nossos aventureiros foram apresentados aos botos cor-de-rosa. À beira do curso d’água, uma indiazinha batia as mãozinhas nas águas e os botos apareciam. De tão mansos, pareciam cães amestrados. Os pilotos, já cansados da viagem, emocionados, assistiram esses momentos de perfeita interação entre o homem e a natureza, tão diferente do que estão acostumados a ver nas grandes cidades. Atravessaram o Igapó Açu em uma balsa e seguiram para Manaus.

Viagem de moto pelo norte do Brasil

Em Manaus, nossos aventureiros se despediram dos amigos argentinos. Naquele longínquo Amazonas, a capacidade dos homens se tornarem amigos ficou selada pelos acenos de mãos. Tanto os argentinos, quanto os brasileiros, nunca mais seriam os mesmos. A fraternidade os havia tocado, unindo-os para sempre, depois de juntos vencerem uma série de vicissitudes. Os argentinos seguiram para a Venezuela e os nossos aventureiros foram em busca de uma concessionária Yamaha, para darem manutenção em sua motocicletas. À medida que pilotavam pela cidade, outros motociclistas, curiosos, a eles se juntavam. Alguns deles já vinham acompanhando a viagem dos nossos pilotos pelo site www..brasilmotos.com.br, onde um diário da viagem era postado.

Comentários (1)

This comment was minimized by the moderator on the site

é muito bom ver que existem aventureiros, somos nós q um dia descobrimos um outro continente, uma outra terra de riquezas. tá muito boas as fotos
Mas tenho q discordar um pouco, o município do Castanho não é tão tosco assim, talvez vocês não estejam acostumados a esse tipo de aventura totalmente isso é q vale a pena, e o Igarapé-açu fica depois de Castanho no sentido Humaitá-Manaus

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização