Entrar

De São Paulo à Paraíba numa moto de 150cc, com garupa

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

Eu e meu irmão, Renato, saímos de São Paulo (SP) às 1 hora da tarde do dia 18/12/2015, na minha moto Honda CG 150 2004, rumo à Cidade de Itapornaga na Paraíba. Foram aproximadamente 2560 km de estradas para percorrer durante essa viagem de moto pelo Nordeste do Brasil.

Revisei a moto e levei câmara e espátula, para o reparo do pneu caso furasse, barraca para acampar, lanterna, algumas ferramentas e três mudas de roupa.

No primeiro dia rodamos 578 km de São Paulo até Belo Horizonte. Pegamos uma chuva que mal dava pra ver a estrada, mas como a pista é de mão dupla eu arrisquei até chegar a um posto BR poucos antes de entrarmos na cidade. Já eram 21h20. Jantamos e acampamos ali mesmo num local apropriado. Poderia ter andado mais se não fosse a chuva, mas achamos melhor e mais seguro descansar para o segundo dia.

No dia seguinte acordamos às 3h39, levantamos barraca, tomamos café no posto e partimos. Andamos 600km até Janaúba, ainda em Minas, onde fizemos um lanche. Quando chegamos naquela cidade eram 18 horas e eu estava pensando em ir dormir em Guanambi na Bahia, mas meu irmão estava cansado e eu também, então procuramos um posto de gasolina na cidade, conversei com o frentista se podia armar a barraca e ele disse que sim. Escolhi esse local por causa de um posto policial que ficava próximo. Quando estava me preparando para dormir estacionou uma perua ao lado da barraca, um sujeito baixinho desceu e perguntou se iríamos dormir ali. Respondi que sim e ele logo puxou conversa. Era cearense e disse que estava dormindo dentro da perua há 9 meses no mesmo local onde acampamos. Ficamos conversando por um pouco mais de uma hora, ele contou um pouco sobre a sua história de vida e depois fui dormir. Levantamos barraca às 3h40 e partimos.

Vou encurtar a história para não me prolongar. Viajamos mais 700 km até Feira de Santana, onde acampamos em outro posto BR. No dia seguinte levantamos acampamento à 4h com o intuito de chegar ao destino, mas até esse dia estávamos parando demais pra esticar as pernas, mas quando eram 10h30 chegamos a Salgueiro (PE). Rodamos 480 km em 6h30 minutos. Fiquei surpreso, acho que meu corpo tinha entrado em sintonia com a moto e a estrada, parando só para abastecer e tomar um café rapidamente. Quando deu 14h45 minutos chegamos ao nosso destino, Itaporanga na Paraíba.

Bem, sobre a moto: apenas calibrei, lubrifiquei e apertei a corrente, nada mais, andando em uma média de 90 a 110 km por hora.

Ótima aventura, um pouco desgastante por causa do calor da tarde, mas compensadora.

Pra quem era marinheiro de prima, até que me saí bem. Meu irmão e eu estamos pensando na volta curtir mais a estrada parando em determinado pontos turísticos e tirando mais fotos.

Valeu pessoal abraços...

Comentários (20)

  1. Venâncio Guedes

E ainda falam que sou louco, kkkk

Também fiz essa viagem em um uninho 1994 1.0, sozinho de Indaiatuba SP a Teixeira PB.

3 dias de viagem, sem problemas na viagem, porem dormi em hotel.

  1. Michel

Olá pessoal. Obrigado pelos comentários.
Bem, esse relato foi o da ida à Paraíba, porém já estou em sampa. A volta, fiz só. Quer dizer, minha motoca guerreira, Deus e eu. Mas isso é outra história a ser narrada.
Valeu turma!!!

  1. Brian

Parabens pela coragem! Bela historia.

  1. André Luis Macedo dos Santos

Sensacional!!!!!!!!!! Parabéns!!!!

  1. Avanizio

Parabens conterrânios, sou de Solânea PB, já fiz uma viajem dessa numa ZL125,saindo de SP, foram 4 dias ida, 4 dias volta, estou me projetando para ir de novo quem sabe na 2 semana de junho 2016, minha moto ( CITYCOM 2014)

  1. Alonso

Caraca, irmaõ.. Parabéns pelo feito.
SHow de bola

  1. Michel

Ola a todos colegas apaixonado por motos.
Obrigado pelos comentarios.
Eu gastei com refeicões no caminho cerca de 80 reais.
Com combustí el gastei 340 reais. Abasteci a moto na Bahia com gasolina a 4 reais e trinta centavos.

  1. Jotta Ely Marcelino Júnior

Parabéns pela aventura amigo, que bom que ocorreu tudo bem, espero que o regresso seja da mesma forma.
Foram histórias assim que me inspiraram fazer minha primeira longa viagem na minha Suzuki yes 125cc. A ideia inicial era encontrar outros aventureiros e partir de Ouro Preto MG rumo a Paraty RJ...

Parabéns pela aventura amigo, que bom que ocorreu tudo bem, espero que o regresso seja da mesma forma.
Foram histórias assim que me inspiraram fazer minha primeira longa viagem na minha Suzuki yes 125cc. A ideia inicial era encontrar outros aventureiros e partir de Ouro Preto MG rumo a Paraty RJ pela estrada real usando o caminho velho. Entretanto como não consegui companhia, parti da minha cidade (Barbacena-MG) rumo a Paraty passando pelo interior de minas passando por trechos da estrada real. Foram várias cidades, Ibertioga MG, Madre de Deus MG, Piedade MG, São Vicente de Minas, Bom Jardim de Minas, entre outras belas cidadezinhas de MG até chegar em Volta Redonda RJ e depois tomar o caminho que eu já conhecia por ter passado de carro. O caminho foi muito estudado, ainda levei mapas, mesmo assim ainda me perdi, mas muito pouco para um marinheiro de primeira viagem. Viajar sozinho é bom para refletir, mas pode ser perigoso, não passei por nenhum perrengue mas se tratando de Brasil eu tive sorte. Não fui tão prudente como vcs amigos, não levei reparo algum para pneus, levei algumas ferramentas(as que vem na moto) mas se quer sabia retirar uma roda, tive muita sorte da moto não ter furado pneu ou apresentado algum defeito. E só fui aprender quando fiz a minha terceira viagem pro mesmo destino, porém passando pela 040, que na volta peguei uma tempestade, anoiteceu, farol alto queimou e eu tive q vir até de seta ligada pois não enxergava nada.Agora preparo minha próxima viagem!

Ler Mais
Seja o primeiro a comentar este artigo.
Carregar Mais

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização