Entrar

A caminho do Nordeste

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

11º dia - Delta do Parnaíba

Por sugestão do amigo Sendon, cheguei ontem na cidade de Paranaíba para conhecer o Delta do Parnaíba, o único delta em mar aberto das Américas e um dos três maiores do mundo em extensão. Ele está situado entre os estados do Maranhão e do Piauí e abre-se em cinco braços, envolvendo 73 ilhas fluviais, sendo que 65% se encontra em território maranhense e 35% em território Piauiense.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

12º dia - Parnaiba/PI - Sete Cidades - Teresina/PI

Ontem eu havia pensado em seguir para Piripiri e dormir lá assim que terminasse o passeio pela Foz do Parnaíba, mas acabei ficando em Parnaíba para lavar a moto. Então, resolvi seguir hoje direto para o Parque Nacional das Sete Cidades, outra sugestão de visita do Cendon. Encerrei a conta no hotel e saí da cidade por volta de 8h20 em direção a Piracuruca, uma das duas cidades onde fica o Parque. A outra é Piripiri. A BR-343 está ótima, o que fez a viagem render e me permitiu chegar em Piracuruca, 128 km depois, em apenas 70 minutos.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

13º dia - Teresina/PI - São Luis/MA

Depois de fechar a conta do hotel, fui para a estrada. Antes, passei num ponto onde tirei uma foto com o principal cartão postal da cidade, a Ponte Estaiada.

Assim que fui para a estrada, fiquei de olho para ver a placa que marca a divisa entre o Piauí e o Maranhão para tirar a tradicional foto, mas quando percebi já estava há muitos quilômetros dentro do Maranhão.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

14º dia - São Luis/MA

Minha intenção era seguir com a moto até Barreirinhas, para conhecer o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, mas fui informado que as principais atrações do parque, as lagoas, estão secas. Há alguns anos o "inverno" na região, que é como o povo nordestino chama o período de chuvas, tem sido de pouca chuva, transformando os Lençóis em um deserto de dunas de areia, um ambiente desolador, quente ao extremo e difícil de andar. Então, resolvi ficar mais um dia em São Luis, para conhecer melhor a cidade.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

15º dia - São Luis/MA - Tinguá/CE

Hoje de manhã, ao girar a ignição da moto, tomei um susto. Ela deu uma engasgada, depois um pipoco e não ligou. Tentei uma segunda e terceira vez e nada. Esperei um tempo, tentei de novo e ligou, como se nada tivesse acontecido. Fiquei pensando no tipo de gasolina que tenho colocado nela nos últimos dias.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

16º dia - Tinguá/CE - Aracati/CE

A temperatura estava agradável quando amanheceu. Fui para a estrada e, poucos quilômetros depois de Tinguá/CE, onde pernoitei, ela começou a descer a serra, com curvas sucessivas muito bem desenhadas no meio da mata, um lugar muito bonito. Em alguns pontos do acostamento eu podia ver a planície coberta pela caatinga lá embaixo e a estrada por onde passaria dali a pouco.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

17º dia – Aracati/CE – Natal/RN

Eu havia planejado pernoitar em Mossoró ontem, para ver uma moto que o meu amigo Toninho está interessado comprar, mas acabei parando antes, em Aracati.

Passei por Mossoró, mas achei melhor não entrar na cidade. Fui para a estrada muito cansado hoje. Acho que o calor e o cansaço de ontem acabaram afetando meu sono e eu não dormi bem a noite.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

18º dia - Natal/RN - João Pessoa/PB - Recife/PE - Porto de Galinhas/PE

Fui para a estrada por volta das sete horas. Ontem, quando cheguei em Natal, eu passei em frente a um monumento com os três Reis Magos, não parei para tirar uma foto e depois fiquei pensando comigo que ficaria uma foto muito legal para representar a cidade. Ao seguir em direção à estrada para sair da cidade, passei pela mesma avenida, mas o monumento estava na outra pista, que estava com um grande engarrafamento. Mesmo assim, resolvi pegar o mesmo retorno e registrar a foto. E foi o que fiz, mas perdi quase uma hora neste processo.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

19º dia - Porto de Galinhas/PE - Maceió/AL

Acordei com o barulho da chuva que caía sobre Porto de Galinhas. Arrumei a bagagem e me preparei para viajar na chuva, mas quando acabei de tomar o café, ela havia parado.

Segui para a estrada para continuar minha viagem de moto. A estrada ainda estava molhada e já tinha muito movimento de carros e caminhões, que não eram tantos, mas como a estrada era simples e cheia de curvas, atrapalhavam bastante o rendimento da viagem.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

20º dia - Maceió/AL - Aracajú/SE - Salvador/BA

Choveu à noite, mas quando amanheceu, havia parado. Acertei a conta com o hotel e levei a bagagem para a moto. Enquanto prendia a bolsa no banco de passageiros, um outro hóspede do hotel veio conversar comigo. Ele parecia conhecer a região e me sugeriu um roteiro. Um motorista de taxi que aguardava outro hóspede e era de Salvador, também veio conversar e me deu uma série de dicas para chegar em Salvador evitando a BR-101 e os caminhões.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

21º dia - Salvador/BA - Eunápolis/BA

Depois de um café da manhã espartano, segui viagem. Mesmo sendo cedo, o trânsito de Salvador já tinha muitos pontos de retenção. Fui até a Igreja do Bonfin para tirar uma foto junto com a moto.

Depois de tirar as fotos, fui para o porto pegar o Ferry para atravessar para Itaparica. Me falaram que agiliza a viagem e reduz o percurso em cerca de 100 km. Não sei se foi a melhor alternativa.

Viagem de moto pelo Nordeste do Brasil

22º dia - Eunápolis/BA - Serra/ES

Nos últimos dias tem chovido à noite ou madrugada nos lugares que pernoitei e o mesmo aconteceu em Eunápolis, acordei e estava chovendo forte. Quando estava pronto para ir para a estrada, havia parado.

Segui pela BR-101 em direção ao Espírito Santo. Numa sexta-feira, véspera de carnaval, adivinha como estava a estrada? Todos os idiotas atrás de um volante estavam no Sul da Bahia neste dia. Fui jogado para fora da pista quatro vezes. Teve um cretino que veio na direção contrária, em uma reta longa, me viu e piscou o farol avisando "sai da frente".