Depois de fechar a conta do hotel, fui para a estrada. Antes, passei num ponto onde tirei uma foto com o principal cartão postal da cidade, a Ponte Estaiada.

Assim que fui para a estrada, fiquei de olho para ver a placa que marca a divisa entre o Piauí e o Maranhão para tirar a tradicional foto, mas quando percebi já estava há muitos quilômetros dentro do Maranhão.

A estrada estava muito boa, até chegar cerca de 150 km de São Luis, quando ficou muito ruim, cheia de buracos e com um movimento insuportável de caminhões. Para piorar, estão duplicando uma parte, fazendo com que os caminhões da obra se misturassem com os da estrada, levantando poeira. Um horror.

Fui direto para o Centro Histórico, onde encontrei uma pousada muito interessante, em uma casa construída no século XVIII. Chama-se Hotel Pousada Colonial. Apesar de antiga, os quartos foram reformados, num ambiente simples, rústico e funcional. R$ 100 a diária. A moto ficará num estacionamento ao lado do hotel.

Deixei a bagagem no quarto e fui caminhar. A cidade tem 400 anos de história e o conjunto é muito bonito, mas a maior parte das construções está mal conservada, as calçadas estão esburacadas e tem muita sujeira espalhada pelas ruas. Algumas casas têm fachada linda, mas na frente, tem um poste cheio de fios, um outdoor, uma barraca de camelô ou uma banca de revistas. Poderia ser muito melhor aproveitada para o turismo. Foi até difícil tirar fotos. Amanhã eu tento novamente.

Tem uma rua chamada Rua Grande, onde fica o comércio popular da cidade, lojas de todos os tipos, com caixas de som na porta, cada uma com a música mais alta que a outra.

À noite eu saí para comer um sanduíche e pela primeira vez durante a viagem eu fiquei com medo de ser assaltado. Fui abordado por três moradores de rua. As ruas ficam desertas à noite e ficam dominadas por viciados. Durante o dia achei muito tranquilo andar pelas ruas e explorar os monumentos e fachadas das casas, mas à noite eu não gostei.

Percorri 454,8 km hoje.

Cidade Bandeira Litros Valor R$ Distância R$ / Litro km / litro
Timon/MA Ipiranga 5,280 15,00 111,3 2,841 21,1
Codó/MA SB 10,000 29,00 146,6 2,900 14,7
Miranda/MA Ipiranga 8,304 22,01 147,9 2,651 17,8
São Luis/MA Shell 13,569 40,00 214,9 2,948 15,8

Comentários (2)

  1. Paulo

A fronteira Piauí - Maranhão é o Rio Parnaíba, que separa Teresina/PI e Timon/MA. Não tem placa na divisa porque você estava em cima da ponte na hora. (Não confundir com o Rio Poty, onde fica a Ponte Estaiada onde você tirou a foto).

  1. Rômulo Provetti    Paulo

Eu percebi, Paulo.
É uma pena não termos as placas em todas as divisas, para mim são como um marco das distâncias percorridas e dos objetivos alcançados.
Um grande abraço

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização