História da motocicleta

    Livros

      Filmes com motos em destaque

      Vídeos com motos em destaque

      Imagens de motos

      Textos legais

        Revendo o belo Conto "Meu querido diário... de motocicleta" publicado no ViagemdeMoto.com e apresentado pelo companheiro Adilson Karafa, o qual pegou-me agora momentaneamente saudosista, ouso reportar-me ao passado colocando esse meu pensamento também na forma de um Conto, tal qual o Adilson fez e começo assim:

        Facilmente vê-se terem sido momentos felizes os vividos junto com sua família, que muitas saudades deixaram, e que se fosse possível creio que desejaria pudessem eles retornar.

        Parabéns pelo breve porém tocante e sincero relato, inclusive pelas recordações que foram cuidadosamente guardadas ao longo dos anos, observação que anteriormente fiz devido à raridade.

        Foi época em que tive o prazer de viver e dela desfrutar, quando motociclismo era amadorismo cheio de amor, paixão e sólidas amizades.

        Apresentações como as que foram feitas são, não somente importantes como necessárias, por mostrar a beleza romântica que foi o motociclismo de outrora, mas que poderá retornar se colaborarmos para isso.

        Eu que vivi nessa época dos Anos Dourados, onde educação, ética e respeito predominavam sem necessidade da criação de leis que não são cumpridas, sinto a gritante diferença da pacífica simplicidade que havia antes, para o temeroso e avançado modernismo da atualidade.

        Aproveitávamos a vida com liberdade e segurança, coisa que atualmente não é possível. Razões que justificam a saudade que tenho daqueles simplórios mas felizes tempos, quando motociclismo era esporte, amadorismo e solidariedade.

        Sentimentos atualmente desconhecidos por muitos, Infelizmente.

        Esses fatos trazem-me à lembrança a clássica e célebre música "Meus Tempos de Criança" lançada pelo saudoso Ataulfo Alves, onde dentre outras coisa ele dizia: "Eu era feliz e não sabia...".


        Ataulfo Alves - Meus tempos de criança (1956) - YouTube

        Contos assim são necessários e importantíssimos, para que o motociclismo volte a ser o prazer que completa e dignifica a alma, proporcionando belos e inimagináveis sonhos.

        Sonhos esses que, felizmente, muitos motociclistas têm oportunidade por poder concretizá-los.

        João Cruz
        Motociclistas Invencíveis

        Comentários (0)

        Seja o primeiro a comentar este artigo.

        Deixar seu comentário

        Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
        0 Characters
        Anexos (0 / 3)
        Compartilhar sua localização