Finalmente... Paz no Trânsito!

Tradicionalmente esta revista vem colaborando para que haja paz no trânsito. Na busca desse objetivo, ela procura esclarecer e orientar motociclistas para que tenham o devido cuidado e respeito quando estiverem utilizando suas motos e evitem que o pior lhes aconteça, ou que eles próprios causem problemas a terceiros inocentes.

Vejo que também procura mostrar aos agressivos e egoístas no trânsito, que deixem dessa bobagem de rebeldia e mau-humor porque isso é coisa de criança e que agora, adultos, convivem com outras pessoas, também adultas, porém responsáveis, que pensam neles porque não são egoístas nem mal-humoradas como eles.

Sei que está sendo difícil eles entenderem isso, mas será necessário insistir na educação desse grupo em razão do esclarecimento que necessitam.

Mediante esse quadro acima apresentado, tenho em mente que EDUCAÇÃO de base é o único caminho que existe para termos um trânsito mais humano e menos agressivo. E para que isso aconteça terá de se tratar principalmente da causa e não dos efeitos. Tem de ser adicionado desde cedo nas escolas públicas, junto com outros cursos já existentes (artes, dança e até capoeira), um específico de EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO PARA CONDUTORES E PEDESTRES.

E tenham por certeza que após isto feito, em curtíssimo prazo de tempo teremos trânsito e população com posturas mais pacíficas e educadas, porque essa nova pedagogia aplicada desde a tenra idade (base escolar) em breve frutificará na mente das crianças, simplesmente porque o grave problema foi atacado no seu cerne, na causa, modificando seus efeitos.

Após isso acontecer, num futuro bem próximo, teremos transformada a má-educação e o atual egoísmo em tranqüila paz no trânsito, com pedestres, motoristas e motociclistas, respeitando e sendo respeitados.

Motociclistas Invencíveis
João Cruz

Deixar seu comentário

Postar comentário sem fazer login

0 / 2000 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 5-2000 caracteres
  • Nenhum comentário encontrado

Conteúdo relacionado - Artigos

Motociclistas invencíveis

Fator Emocional

Textos legais

Viajar de moto