Uma inspiração instantânea provocada pela leitura de um excelente artigo publicado aqui mesmo no ViagemdeMoto.com acabou me levando ao sótão dos meus pensamentos, de onde busquei avidamente um velho álbum do meu pai, nos seus bons tempos de motociclista. O artigo do inglês Paul Gander, que mexeu com o imaginário de milhões de jovens, também lançou uma centelha avivadora em outros que tiveram como eu a oportunidade de testemunhar, mesmo ainda moleque, uma época de ouro para os amantes do motociclismo. Uma época em que algumas dezenas de marcas internacionais, das mais variadas procedências, circulavam no país livres de taxas de importação, animadas pelo desenvolvimento industrial, desde o pós-guerra de 1945.

Meus pais onde tudo começou literalmente
Meus pais, onde tudo começou, literalmente

A moto aliada à necessidade popular de um meio de transporte econômico e resistente às insipientes estradas daquela época parecia ser a solução para uma nova era que despontava na busca de liberdade e aventura, impraticáveis durante o longo período da guerra.

Meu pai esq. e amigos em Jundiaí SP
Meu pai à esquerda e amigos em Jundiaí, SP

O grupo liderado pela Indian 1200cc. No centro a NSU 500cc e meu pai com a Saroléa 350cc
O grupo liderado pela Indian 1200cc . No centro a NSU 500cc e meu pai com a Saroléa 350cc

As pequenas viagens do meu pai e seus amigos, pelo que lembro e também pelas fotos que pude rever, não passavam da nossa região, geralmente incluíam Itapetininga, Angatuba (sua terra natal), Jundiaí, Campinas, Itapeva e outras poucas localidades.

Desfile cívico em Sorocaba SP
Desfile cívico em Sorocaba, SP

DKW 250cc 2 T Detalhe avanço manual lado direito do tanque
DKW 250cc 2 T. Detalhe do avanço manual do lado direito do tanque

Jawa 350cc ano 1956
Jawa 350cc ano 1956

Minha mãe meu irmão hoje professor de mec motos
Minha mãe e meu irmão, hoje professor de mecânica de motos

Minha mãe treinando numa Indian
Minha mãe treinando numa Indian

Última foto do meu pai com a Jawa 1960 estilizada com meu filho no colo e ao lado meu irmão Gerson
Última foto do meu pai com a Jawa 1960 estilizada, com meu filho no colo e ao lado meu irmão Gerson

Embora os passeios que fiz com meu pai fossem poucos e nunca ultrapassarem os limites de Sorocaba, (ele era reticente à ideia de levar uma criança na garupa) por outro lado meu tio Benito tinha prazer em me levar em sua Csepel quase todos os domingos e sempre escondido do meu pai... Era uma moto de procedência húngara fabricada em 1947, portanto ainda de "rabo-duro", o que poderia de certa forma explicar minha "resistência gluteal" para as longas viagens. A poderosa do tio Benito tinha uns 10 anos de uso e mesmo funcionando parada, aquela monocilíndrica de 250cc tinha uma batidona gostosa que ecoava no peito, em compasso com meu coração acelerado pelas primeiras emoções motociclísticas. Daí nem precisa ser nenhum Freud para explicar minha paixão pelas motos.

Nota: para situá-lo no tempo e espaço, meu pai faleceu em 1987 e minha mãe em abril deste ano, aos 84 anos.

Comentários (61)

This comment was minimized by the moderator on the site

Amei. Muito bom.

This comment was minimized by the moderator on the site

Cara, que linda história.....sei como ficam marcadas essas doces e gostosas lembranças da infância....grande paizão!! Hoje estou restaurando um BSA bantam que meu pai colecionou boas histórias também...enfim, me identifiquei e achei muito legal seu relato. Um abraço e parabéns!

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado pelo comentário Bruno, fico feliz quando essa matéria encontra eco e traz boas lembranças a outras pessoas como vc. Um grande abraço Adilson

This comment was minimized by the moderator on the site

Não apenas admirei as fotos e o contexto em que foram tiradas como me emocionei com o estilo de vida dos seus pais naqueles idos. Não tenho a menor dúvida que viveram muito felizes e voce e seus irmãos tiveram sorte de terem pais como eles. Sem dúvia uma história emocionante que mostra como uma motoclicleta ou a paixào por ela pode mudar nossa vida. Parabéns e obrigado por compartilhar.

This comment was minimized by the moderator on the site

Muito obrigado Enderson, é um prazer sempre renovado quando cruzamos com pessoas que comungam da mesma paixão motociclistica, só pelo seu comentário acredito que vc seria um grande companheiro de viagens, com muitas histórias para compartilhar.Um grande abraço!

This comment was minimized by the moderator on the site

Caro Adilson, Em primeiro lugar, quero te agradecer muito por dividir conosco parte da história da sua família, da sua história, e nos presentear com fotos tão preciosas. Em segundo lugar, quero te dizer que foi muito bom ter lido sua matéria. Eu pude perceber algo que todos sabemos, mas as vezes deixamos, com a desculpa da "correria do dia a dia", meio "de lado": Como é bom ter nossos "velhos" por perto!!! Confesso que peguei um albúm de fotografias velho, que estava a um tempo perdido, e revivi alguns momentos em família quando eu ainda era criança... Companheiro... vim às lágrimas.... Peguei o tel e liguei pros velhos... Disse pra eles o quanto eu os amo e como me orgulho deles... Mais uma vez, muito obrigado. Que Deus te mantenha feliz e realizado sempre meu amigo. Tudo de bom e muitos km´s de alegrias e estradas pra você e toda sua família.

This comment was minimized by the moderator on the site

Caro Andre Jamais imaginava a dimensão que esta pequena matéria conseguiria alcançar, principalmente naquilo que o ser humano tem de mais precioso, os laços de familia... Creia que a sua emoção foi transferida para mim imediatamente ao ler esse comentário tão sincero e verdadeiro. Eu é quem agradeço suas palavras meu amigo e desejo tudo de bom prá vc e sua família. Até qualquer dia...

This comment was minimized by the moderator on the site

FANTÁSTICO! FIQUEI EMOCIONADO E FICO PENSANDO NA PAIXÃO PURA QUE SEU PAI E AMIGOS TINHAM NUMA ÉPOCA DE PIONERISMO. CONTAGIANTE. HISTÓRIA. PARABÉNS!

This comment was minimized by the moderator on the site

Valeu Fabio pela visita e comentário, é sempre uma satisfação contatar pessoas que compartilham da mesma paixão motociclistica. Um grande abraço Adilson

This comment was minimized by the moderator on the site

Parabéns pelo site, obrigada por partilhar essas fotos, trabalho na área de acessórios para motos e sempre que posso vou visitar o seu site para ver se encontro alguma novidade, abs

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado Renata, pelo gentil comentário, é sempre uma alegria receber visitas, mesmo que virtuais, de pessoas que compartilham do prazer motociclistico. Volte sempre, se vc gosta de viagens veja minha matéria entitulada "Expedição Atacama-2010" (são 13 capítulos de uma viagem que marcou muito minha vida de motociclista...) Abs

This comment was minimized by the moderator on the site

Caro Adilson, Lendo sua matéria lembrei muito do meu falecido Pai, que não era motociclista, mas um renomado médico. Até pensei em dizer o quanto afortunado é Vc por ter tido um pai motoclclista..um sonho de qualquer jovem...mas refleti e jamais poderia culpar meu pai por não ter sido um motocilcista, pois a paixão dele era a medicina...mas.. quando comprei minha primeira moto lá pelos idos de 80, ele estava junto comigo e até levei-o para umas voltas na quadra de casa...mas minha mãe..essa minha aventureira, uma certa vez desceu comigo a serra do mar pela 277, agarrada a mim como um carrapato...sensação que não esqueço até hoje...então, se não tive um pai motocilcista, hj tenho genro, irmão e futuro neto motociclista. Gostaria muito de ser lembrado por eles como Vc nos permitiu lembrar de seu pai motocilcista com Vc...história de vida sensacional...e linda....parabéns..e se tiver mais fotos...compartilha;;;

This comment was minimized by the moderator on the site

Caro Rogério, é incrível como a combinação de moto e família aflora nossos sentimentos, seu relato me emocionou sobremaneira, aliás como vc mesmo pode comprovar pelos comentários gerados pela matéria, esse parece ser um sentimento comum a nós motociclistas. Eu é quem parabenizo suas lindas palavras. Um grande abraço meu novo amigo! (Se te interessar assino uma matéria neste site, entitulada Expedição Atacama- 2010, em que relato em vários capítulos uma viagem com meu irmão e um dos filhos, além de mais 2 amigos, dê uma olhada quando puder... )

This comment was minimized by the moderator on the site

Gostei de mais, eu ficava sobre o tanque da velha puch 250 do meo Tio que viajava bastante nessa época com seus amigos. Infelizmente temos pouquíssimas fotos encontradas. Parabéns.

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado pela visita e comentário Merola, tenho certeza que esses momentos nunca se apagarão da nossa memória, é a mágica do motociclismo! Grande abraço

This comment was minimized by the moderator on the site

que história linda!, feliz você por ter a oportunidade de ter tido pessoas de espiritos tão especiais como pais, em um tempo aonde preconceito era tabu, mas que grandes guerreiros que acreditavam acima de tudo na liberdade fizeram toda a diferença de uma epoca e geração... parabéns

This comment was minimized by the moderator on the site

Agradeço muito Claudia, lindas as suas palavras... Uma pena que a gente geralmente só percebe isso após a ausência. Essa foi sem dúvida a maior herança que me deixaram... Abraço

This comment was minimized by the moderator on the site

essa historia me fez lembrar meu pai, em sua juventude no inicio da década de 60 ele teve uma jawa 250 que deixou muitas historias, pena nao existirem fotos, parabéns Adilson, bela historia de seus Pais.

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado Idinaldo, fico feliz que minha matéria tenha trazido a lembrança de seu pai, um sentimento mútuo que me permite chamá-lo de amigo prontamente... Grande abraço!

This comment was minimized by the moderator on the site

Olha gostei muito das fotos e da história relatada por você, parabéns é sempre muito bom quando o filho relata as coisas da vida dos pais com tanto orgulho assim! mais uma vez parabéns!

This comment was minimized by the moderator on the site

Eu é quem agradeço seu comentário meu amigo... Quanto ao orgulho dos pais, creio que essa seja a verdadeira e inesgotável herança que podemos ter pela vida inteira. Grande abraço

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado, por vc compartilhar conosco estas lindas historias. que DEUS o abencoe.

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado Arlito pela visita e gentil comentário... Já que vc gosta de histórias, te convido a ler uma matéria minha no site viagemdemoto.com entitulada Expedição Atacama, é um pouco extensa, mas creio que vale a pena para nós que amamos o motociclismo

This comment was minimized by the moderator on the site

De encher os olhos e a alma! Da até vontade pegar a moto e sair pelo mundo! parabéns por este resgate histórico!

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado Vander, o fato dessa matéria encontrar eco em muitas pessoas como vc é que enche a alma, sinto cada comentário como uma homenagem aos meus pais. Um forte abraço meu amigo!

This comment was minimized by the moderator on the site

Olá, Adilson, excelente esse acervo de fotos que era do seu pai e que ainda nos brinda com muitas informações daquela época (pós guerra) anterior aos Anos Dourados (1960). Quem vê não faz ideia como era difícil montar e preservar um arquivo desses, pois os equipamentos eram arcaicos se comparados aos dia de hoje, e a sua conservação era dificílima. Estão de parabéns, portanto, Adilson e seu falecido pai, que sem dúvida foi verdadeiro amante do motociclismo.

This comment was minimized by the moderator on the site

Olá João, obrigado pelo comentar... Realmente também me impressiona a qualidade dessas fotos, com mais de 50 anos. Observe a bolsa ao lado da minha mãe, na 1ª foto, é a "case" (hoje é mais chique) de uma máquina fotográfica Arrow, de origem americana, mas não era nada caro, até bem popular naquela época, na verdade uma máquina bastante simples, de foco fixo,etc... Um grtande abraço motociclistico meu novo amigo!

This comment was minimized by the moderator on the site

Bonitas fotos... gostei das motos! Karafa, penso que motos não eram populares naquela época, elas eram todas importadas ou existia alguma nacional? Comparando com os carro da época, o preço era parecido? E por que seu pai comprou a moto? Tem história sobre como a motocicleta entro na vida do seu pai e do circulo de amizades dele? Compartilhe, pois eu gosto de história! Abraço

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado André, as motos já eram populares sim e acessíveis pois comprava-se a longo prazo e praticamente sem juros, além do que, naquela época não me lembro de ter visto alguma moto zero na minha região, todas eram usadas e no mínimo de 8 a 10 anos de uso. Todos os motociclistas que conheci desde a infância, eram simples operários da indústria local, inclusive meu pai. As Harleys só os chefes da fábrica tinham e eram as mais novas também. A compra das novas só mesmo em São Paulo, na região da General Osório, onde até hoje tem as tradicionais lojas. Elas eram bem mais baratas que um veículo sim, esse era um dos principais motivos, era a chance que tinham de estar motorizado a baixo custo, além do prazer da velocidade... Abraço

This comment was minimized by the moderator on the site

Show de bola o texto! Faz a gente gostar ainda mais de moto. Eu reconheci na foto do desfile cívico o meu tio Chico, Francisco Teixeira de Barros Filho, hoje com 90 anos. É o primeiro da fila à esquerda. Muito legais as fotos!. Abs. Adilson. Wagner.

This comment was minimized by the moderator on the site

Olá Adilson, agradeço por compartilhar as fotos raras e um pouco da história dos teus pais. Não ouvi as batidas do seu coração e sim o ronco do motor que não cessava de ecoar lendo seus relatos. Um grande abraço irmão, também curto muito motocicleta é uma paixão desde 1984. Ah, já ia me esquecendo cheguei aqui no seu site através do FLORENCIO PODESTA.

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado Pedro, a satisfação é toda minha em encontrar tantos novos amigos como você, através dessas fotos... Mesmo tão distantes comungamos da mesma paixão por duas rodas! Uma grande surpresa vc descobrir o site através de um amigo comum, o Florêncio Podestá. Fiz amizades com esse argentino há pelo menos 5 anos, através do Panoramio e depois tb pelo Flickr (site que ele mesmo me apresentou, na época pouco conhecido no Brasil). Em 2008 quase nos encontramos na Argentina, um erro em nossa rota acabou me tirando do caminho de Rosário... Em novembro próximo estarei novamente na Argentina e estamos combinando um encontro na sua cidade, eu e mais 7 motoqueiros brasileiros. Acho que desta vez vai dar certo... Abraços meu novo irmão da estrada!

This comment was minimized by the moderator on the site

Grande Pedrinho! Nesse momento meu velho desejo de poder tê-lo conhecido em vida parece ressurgir rsrs. Lembro de ter visto muitas dessas fotos com a minha querida vó Olívia, e ela me contava o quanto ele era apaixonado pelas motocicletas. Paixão que certamente ultrapassa gerações.. Bela matéria, abraços.

This comment was minimized by the moderator on the site

Oi Julia, viu como as velhas fotos ganharam outra dimensão uma vez publicadas, nunca imaginei que tanta gente iria curtir... Uma pena que vc não pode conhecê-lo melhor minha sobrinha. Abraço!

This comment was minimized by the moderator on the site

Li todos os comentários , dos que leram e se manifestaram, antes de mim, e pude perceber que me identifiquei com todos como se fossem meus. portanto não me sobrou muita coisa pra falar. Fiquei emocionado com a relíquia das fotos. Piloto duas rodas desde 1963, atualmente atingi a realização de um sonho de motociclista ao adquirir uma Harley que de certa forma representa o DNA da época que teus pais viveram e que tão felizmente você expôs para a nossa apreciação. Uma coisa posso te garantir: vou ler os outros dois artigos que tens recomendado aos demais. Parabéns meu amigo,

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado Paulo... Creio que essa identificação imediata é exatamente o elo que nos une e é assim que me sinto ao responder aos comentários, parece que estou falando com meus melhores amigos ou até familiares. Estamos no mesmo "clube" , minha habilitação ou "carta de motorista" como chamavamos é de 1966, portanto vc ganhou essa! Agradeço também sobre os demais artigos... Só não repeti a sugestão em todos os comentários, pra não parecer muito "robert" (como falam os netos hoje),rsrsrs. Um forte abraço e seja muito feliz com sua HD!

This comment was minimized by the moderator on the site

Eu que agradeço a sua atenção em responder ao comentário. Peço desculpas por errar a palavra "TODOS" deveria ter dito "ALGUNS". Mas o fato é que a reportagem funcionou como uma "bomba", e seus estilhaços radiaram com formas de "chaves" cujos códigos encaixaram e abriram sentimentos ocultos que repousam como fantasmas ou múmias esquecidas. Isso me fez refletir e dar mais valor aos momentos vividos, "curtir" mais, rodar mais, sentir mais o vento e o ronco do motor atual, porque um dia será como lembrança como os roncos dos motores que ficaram arquivados na memoria, de quando era jovem. As fotos que tu publicou são da tua família, mas ao visualiza-las senti a mesma sensação de saudade como se fossem de meus familiares ou amigos embora nenhum deles teve moto. É estranho isso, mas somos humanos. Um abraço meu amigo. Paulo.

This comment was minimized by the moderator on the site

É meu amigo, tenho 56 anos, piloto moto desde 1974 e sou apaixonado até hoje. Vendo essa foto de 60 anos atrás, confesso que me emocionei. Abraços,

This comment was minimized by the moderator on the site

Olá companheiro, realmente me surpreendeu o poder das 2 rodas pras coisas desse tipo... Dizem que a roda é que move o mundo, então as duas movem nosso coração. Obrigado meu novo amigo e grande abraço! PS- Quando tiver um tempinho dê uma olhada na minha matéria neste site sob o titulo "Expedição Atacama", quem sabe vc goste...

This comment was minimized by the moderator on the site

É fantástico tudo isso. Um bálsamo pro nosso ego motociclístico, é muito lúdico e excelente pra saúde dos nossos corações. Tive o prazer de ter um pai assim. É muito bom. Recentemente achei nos seus guardados o manual da sua moto HARLEY DAVIDSON, tudo muito fantástico e de uma nostalgia muito gostosa. Ah, é sempre bom lembrar que uma moto é mais barata que uma ponte de safena. Evita-i e custa mais barato.... PARABÉNS, viva a vida!!!! SAUDAÇÕES MOTOCICLÍSTICAS. Rogério Papini - Belo Horizonte MG rogerpapini@hotmail.com

This comment was minimized by the moderator on the site

Parabéns a você Rogerio, que é um cara de bem com a vida e com um humor refinado... Essa do preço da HD ser mais barato que uma ponte de safena foi muito boa, tenha certeza que vou usar isso num das próximas matérias. Viva a vida uái!!! Obrigado pela visita e gentil comentário meu amigo. Um grande abraço de Votorantim-SP (adilsonkarafa@hotmail.com)

This comment was minimized by the moderator on the site

Li a historia de sua familia, viajei nas fotos, que isso historia igual a essa é raridade. Fico sem palavras, meu sonho é comprar uma harley, de vez em quando eu sonho que estou andando, pode parecer maluquice, pelo menos nos sonhos eu tenho.rs..rs.. Ainda vou ter uma, estou juntando dinheiro só questao de tempo, nao vejo a hora de ter, que seja a minha 883 para começar a curtir com todos vocês. Por enquanto só namorando e indo na loja da Harley aos sábados fazer amizades. Linda historia mesmo e as fotos sem comentários maravilhosas. Parabéns.

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado por suas palavras amigas Jordan, vc é a prova que o sonho dos antigos motocilcistas está longe de acabar, continue em busca dos seus sonhos com a certeza de que valerá a pena. A propósito a 883 é fera meu caro, tenho alguns amigos de viagem que não a trocam por nada... Se quiser vear mais alguma matéria nossa neste site tem mais 2 3 Caipiras em Bariloche e Expedição Atacama (esta é quse um livro! O texto está dividido em 13 capíitulos e muitas fotos)

This comment was minimized by the moderator on the site

bom dia, fotos lindas voltei ao passado, lembrei do meu pai a braços djalma

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado pelo gentil comentário Djalma...Prá mim também familia&moto é coisa séria, tanto é que minhas viagens quase sempre, além de amigos, envolve meu irmão Gerson, mais 2 filhos também motociclistas... (veja neste site "3 caipiras em Bariloche" e se tiver paciência para leitura e muitas fotos a "Expedição Atacama". Grande abraço!

This comment was minimized by the moderator on the site

Uma maravilha, voltar no tempo e ver como eram e como são as coisas hj. Parabéns

This comment was minimized by the moderator on the site

É caro Jorge... As coisas mudaram bastante mesmo, estava recordando que meu pai era um humilde operário, tanto quanto os amigos da foto e com o pouco que tinham, andavam com motos de grande cilindrada e sabiam gozar a vida, mesmo com pouco dinheiro! Forte abraço dr.

This comment was minimized by the moderator on the site

Meus camaradas, sempre que vejo histórias maravilhosas como esta contadas através das fotos, eu sinto mais ânimo pra viver. São duas emocões que vcs me proporcionaram e que eu tenho paixão: fotos e motos. Ao contrario que dizem que aguas passadas não movem o moinho, eu acedito que recordar é viver. Bem aventurado aquele que tem lindas histórias e ótimas recordações dos tempos que jamais voltarão, mas que ficarão indelevelmente gravadas nos nos corações e mentes, através das fotos que registam para sempre aquele momento único. Agradeço por me permitirem desfrutar deste momento tão gostoso e saudável. Parabens Romulo pela iniciativa e a vc Adilson por ter nos dado esse privilégio. (MOTA)

This comment was minimized by the moderator on the site

Puxa vida Jorge, vc realmente me emocionou com suas palavras... Nem cheguei a imaginar o valor que esse material teria pra outras pessoas. Me sinto totalmente realizado com a resposta dessa matéria, principalmente por me dar a chance de fazer novas amizades, sinceras e despretenciosas como a sua. É como estivessemos compartilhando de uma conversa entre amigos de longa data. Um forte abraço. (quando tiver um tempinho veja minha matéria neste site sob o titulo Expedição Atacama, nela tem muito do envolvimento familiar que norteia minhas viagens)

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado Adilson por nos levar a esta maravilhosa viagem ao passado, juntamente com seus pais. Parabens ao Rômulo pela feliz iniciativa de relatar sua história. Um grande abraço. Carlos Vitorino

This comment was minimized by the moderator on the site

Que isso Carlos eu é quem devo agradecer o carinho de todos vocês... Isso prova mais que nunca que os motociclistas são bem menos durões do que parecem ou procuram parecer. Forte abraço e muito obrigado.

This comment was minimized by the moderator on the site

Parabéns Adilson, Poucos de nós tem histórias de motociclismo como essas vividas por seus pais! Parabéns a você também, Rômulo, que com seu site tem nos possibilitado conhecer relatos maravilhosos. Abços, Fabio

This comment was minimized by the moderator on the site

Isso mesmo Fabio, às vêzes nem percebemos o tesouro que está diante do nosso nariz.... Hoje aos 63 anos vc não imagina o quanto que me arrependo de não ter aproveitado ainda mais da convivência com meu pai, dividido com ele minhas experiências em viagens, perguntar mais sobre seus sonhos, realizados ou não... Que isso possa alertar aqueles que tem a felicidade de tê-los ao lado no café da manhã numa manhã de domingo... Creia que isso não se compara a qualquer programa televisivo que assistimos mecanicamente. Abraço (me desculpe o desabafo, creio que foi num ombro amigo,rsrs...)

This comment was minimized by the moderator on the site

Uma história fantástica. A paixão por duas rodas vem de longa data. Adilson, obrigado por compartilhar as fotos e a história de seu pai. Oskar Kurtz

This comment was minimized by the moderator on the site

Olá Oskar eu é quem agradeço sua atenção, acredite que essa paixão é que me move a subir na minha moto e pegar a estrada, mesmo que tenha que voltar pro almôço... Agora se for pra Patagônia, Pantanbal matogrossense ou Atacama, MELHOR AINDA! Abração.

This comment was minimized by the moderator on the site

Excelente matéria.

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado João, a propósito gostei muito da sua galeria no flickr, excelentes fotos!

This comment was minimized by the moderator on the site

Muito obrigado Rômulo... É incrível como faz uma enorme diferença simplesmente ver fotos antigas numa gaveta e poder vê-las depois numa publicação como essa. Confesso que cheguei a chorar imaginando meus pais, de alguma forma compartilhando esse momento tão especial. Meu amigo ficou espetacular, nem sei quantas vezes agradecer a todos do Viagemdemoto, por essa oportunidade! Um grande abraço.

This comment was minimized by the moderator on the site

Obrigado, Adilson, quem agradece são todos os apaixonados com motos, que viajam com estas fotos que você compartilhou conosco. Grande abraço

This comment was minimized by the moderator on the site

muito boa as fotos são historicas , parabéns

This comment was minimized by the moderator on the site

Muito obrigado Arnaldo, realmente não tinha ideia dessa repercussão, fico muito agradecido a todos que se manifestaram. Abraço

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.