Entrar

A história do H.O.G.

O H.O.G.® (Harley Owner's Group), ou Grupo de Proprietários de Harleys, é exclusivo para proprietários de motos H-D. Foi fundado em 1983, nos E.U.A., em resposta ao crescente desejo dos donos das motos de terem uma maneira organizada para repartirem a paixão e mostrar o seu orgulho. Além disso, a fábrica queria atrair novos clientes para o estilo Harley-Davidson, que acreditava ser o seu maior diferencial.

Pregando andar de moto, com a família, como diversão e não apenas como meio de transporte, sendo uma maneira de se divertir e conhecer novos lugares, o programa se tornou um diferencial para a marca e uma novidade para o cliente, levando-o a se envolver mais com a empresa.

A idéia surgiu durante a viagem de Nova York a Milwaukee, feita por Willie G. Davidson e o grupo de mais 12 investidores que com ele compraram de volta a H-D da AMF.

Era uma grande e atrativa novidade ter uma empresa que patrocinava e organizava ralis e eventos, os quais mantinham os donos das motos em contato com a Harley-Davidson e entre eles mesmos.

HOG 1

No primeiro rali, em 1984, apenas 28 pessoas compareceram. Hoje em dia, milhares fazem parte de cada evento organizado pelo H.O.G. e suas filiais, ou Chapters.

Em 1985, 49 Chapters tinham brotado pelos E.U.A., com um total de 60 mil membros. O rápido crescimento continuou pelos anos 90 e, em 1991, o H.O.G. passou a ser oficialmente internacional, com o primeiro H.O.G. Rally Europeu em Cheltenham, Inglaterra. O número de associados já chegava a 151.600, com 685 Chapters.

E os anos 90 seguiam enquanto a mania H.O.G. se espalhava pela Ásia, inaugurando novos Chapters em Singapura e Kuala Lumpur, na Malásia.

HOG 2

Em 1999, o número de membros chegou à marca de meio milhão pelo mundo todo, e os Chapters chegaram a 1.157.

Hoje, mais de um milhão de membros, em 130 países, fazem do H.O.G. a maior organização do mundo de motociclistas, patrocinada por uma fábrica.

A criação do H.O.G. ajudou na renegeração da empresa, levando a marca a um novo parâmetro, não mais marginalizada como era, pela sua presença em todos os motoclubes, símbolo de rebeldia também estampado pelas telas dos cinemas, em filmes com Marlon Brando, James Dean, Jack Nicholson, Peter Fonda, Dennis Hopper, entre outros.

Agora a imagem era de status, pois o proprietário de uma Harley tinha a oportunidade de se tornar membro de um grupo de elite, que tinha como objetivo apenas se divertir e demonstrar a paixão pelas motos.

HOG 3

Em diversos tipos de atividades organizadas pelos Chapters em todo o mundo, existem eventos fechados, em que alguns permitem aos membros levarem um convidado, eventos abertos para membros e seus convidados, e eventos exclusivos para membros.

As mulheres que possuem Harleys têm direito a participar do Ladies Of Harley (LOH), um grupo destinado às entusiastas que promovem eventos e aventuras exclusivas dentro de um Chapter. As associadas têm suas próprias reuniões e organizam atividades que contam com a participação de homens e mulheres.

Os eventos do H.O.G. incluem ralis internacionais, nacionais, estaduais, regionais, open-houses, pit-stops e pin-stops, onde os membros recebem pins e outros objetos de coleção.

HOG 4

Cada Chapter reflete a personalidade e a paixão dos seus associados. Não importa em que parte do mundo, os membros do H.O.G. podem sempre se sentir em casa ao participarem de encontros e eventos. Apesar de serem característicos e típicos de cada Chapter, a intenção é se divertir e repartir a paixão pelas motos, pelo grupo e pelo estilo de vida Harley.

Curiosidade: HOG é uma palavra em inglês arcaico ou caipira para se designar os porquinhos que eram também os mascotes da equipe oficial de corrida da Harley-Davidson nos Estados Unidos.

Fonte: Revista Hog Tales em uma tradução livre by Ivens.

Comentários (0)

Não existem comentários postados aqui ainda.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização