Colors: Purple Color

No último dia do evento, pela manhã, um trem imenso de Harley-Davidson interrompeu o trânsito de Mendoza, sendo aplaudido e fotografado pela população enquanto era conduzido para o Aero Clube Rivadavia, onde foi servido aos Harleyros um churrasco criollo, regado a cerveza e muito vino.

Como de costume depois de um encontro de motos, na manhã de domingo tem a hora clássica da partida. Seguindo o GPS, saímos fácil da cidade de Mendoza no rumo de Uspallata, que é um oásis de vegetação na região desértica e fica no sopé da Cordilheira do Andes.

Agora iniciamos a segunda etapa da nossa viagem de moto e vamos para a bela região do sul do Chile. Saímos facilmente de Santiago com a ajuda da navegadora Patricia e o apoio do GPS, sem nenhum problema, ao contrário da complicada chegada. Imediatamente, acessamos a Ruta 5, a continuação da Panamerican Highway, que rasga o Chile de norte a sul.

Finalmente mais um dia de descanso para podermos relaxar e passear. É uma pena que essas férias não possam ser estendidas por mais dias, pois além do tempo necessário para viajar com nossas Harleys pelas estradas, faltam dias para conhecermos melhor tantos lugares imperdíveis.

Bem em frente ao nosso hotel, o Vulcão Villarrica já parecia em paz, sem expelir qualquer fumacinha, provavelmente satisfeito com a nossa visita. Em torno de 08h30, partimos da linda Pucón no Chile, que para alguns de nós se assemelha muito aos ambientes arquitetônicos bonitos e de bom gosto de Búzios.

Ontem à tarde, durante a nossa chegada ao hotel, fomos recepcionados pela garotada da cidade, que ficou extasiada com as Harleys. Enquanto conversávamos com os meninos, muito simpáticos e educados, chegou um grande ônibus de excursão de velhinhos argentinos,

Partimos com a chuva, que nos acompanhou até próximo a Buenos Aires, quando finalmente precisamos realmente colocar a capa de chuva por alguns poucos quilômetros. Nesse trajeto, com a aproximação da Capital Federal Argentina o trânsito de caminhões começou a crescer, exigindo cuidados nas ultrapassagens.

A greve geral de transportes não impediu o passeio da galera pela ainda charmosa cidade de Buenos Aires. Um passeio pela La Florida é imperdível.

No trajeto de volta, o motorista de taxi comentou que a greve era contra o "imposto de ganância",

Pagina 1 de 3

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.