Expedição Fenix

Expedição Fenix - Objetivos da viagem

Viagem de moto Atacama 00

Objetivo:
Relatar a viagem em si, mas, principalmente, o preparativo para ela e o planejamento. Evidenciando que nem sempre tudo dá certo (como verão adiante) e quando há limitações de recursos (seja moto, dinheiro, tempo). Tem que saber equacionar estas diferenças.

Expedição Fenix - Preparativos

Viagem de moto Atacama 0000Vamos aos preparativos!!!!!

Considerações:

Não vou detalhar escolhas de motocicletas ou pessoas. É certo que cada um sabe com quem anda e a moto que tem. Somente deve-se prestar atenção e evitar pessoas com pouca ou nenhuma experiência; motos que o proprietário desconhece (comprada há pouco tempo, mesmo que nova). Algum conhecimento mecânico é necessario, para não ficar parado por algum "fiozinho solto" ...

Continuando a preparação

Viagem de moto Atacama 000Hoje já é dia 10, partimos em menos de 48 horas.

Continuando sobre a preparação...

Seguro Carta Verde

Viagem de moto Atacama 001ATENÇÃO

Boa parte de nós têm seguro da moto (Porto Seguro, Mapfre, etc. etc.). Importante observar que a Carta Verde, não tem nada a ver com seguro da Motocicleta, ou do Motociclista. Muitos dos corretores não sabem disso, nem os motociclistas. 

Seguro da moto é particular, no geral cobre danos materiais dos envolvidos, bem como corporais (dependendo da cobertura contratada).

1º dia - São Paulo, SP - Campo Mourão, PR

Viagem de moto Atacama chileTocada leve, das 4 às 16 horas, com paradas para abastecimento e almoco. 740km rodados.

Pegamos 4ºC em Bofete.... isso é beeeem frio.... nem as luvas cano longo da Astars, nem o aquecedor de manopla salvaram do frio nos dedos...

Nenhum problema nas motos, nem nos expedicionários.

2º dia - Campo Mourão, PR - Foz do Iguaçu, PR

Viagem de moto Atacama ChileRodovia de mão dupla na maior parte do tempo.... Entao segura um pouco o rendimento, tem muitos caminhões, o que dificulta ainda mais e pode colocar em risco os motociclistas, tanto nas ultrapassagens, quanto na mão inversa, devido ao golpe de ar do deslocamento das carretas.

As motos tiveram um consumo maior porque pegamos muito vento neste trecho e estrada com sobe e desce constante. Reduzindo em 2 a 3 km o rendimento das motos por litro de gasolina...

3º dia - Foz do Iguaçu, BR – Resistência, AR

Viagem de moto Atacama chileAcordamos às 5:30 horas, ajeitamos as motos, café da manhã e estrada.

Novamente a BMW foi a mais econômica, apesar de ser a mais carregada. Alem disso, hoje exigimos mais de todas as motos. Um dos nossos estava sem a carta verde e deixamos para pegar no lado argentino de Foz. Saiu por 40 pesos para 15 dias. Em São Paulo pediram até 150 U$. Absurdo!!!

4º dia - Resistência - Salta

Viagem de moto Atacama chileBMW faz sempre média de 20km/l mesmo andando a 140 km/h e dando umas esticadas para fotos.

Saímos cedo, em direção a Salta, sabendo que o dia seria puxado. Asfalto bom até uns 250 km antes da fronteira da província de Salta. Entrando em Salta, alternam-se trechos de bom asfalto, trechos ruins (ótimo se comparado às rodovias do nordeste brasileiro), com bastante buracos. Exige atenção redobrada... E ANIMAIS NA PISTA (cabritos, cachorros e ate aves, ficam à beira da estrada...)

5º dia - Salta

Viagem de moto Atacama chileHoje vamos tirar o dia para descanso, comer bem, manutenção nas motos para seguir viajem no domingo.

Aproveitaremos para comer uns alfajores por vocês que estão no Brasil!!!

Se vierem a Resistência, AR passem na BMW para tomar um café com o Alessandro! Nos deu uma assessoria fantástica para hotéis, mesmo após a loja fechada. Totalmente por acaso. Aproveitei para comprar uma camiseta "Made in Argentina".

6º dia - Salta

Viagem de moto Atacama chileNoites animadas aqui em Salta!!! Por coincidência estamos no meio de um feriado Estadual e Nacional. Têm desfiles de vaqueiros pela cidade, shows típicos... MUITO BOM!!!

Salta é uma cidade MUITO BOA para se ficar. Estamos hospedados no Hostel Yastato, que pertence ao Sr. Hector (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.). Simples, porém aconchegante. O Hector è uma pessoa extremamente atenciosa, e nos guia diariamente pela cidade!

Conteúdo relacionado - América do Sul