Entrar

Expedição Altiplanos Andinos

Viagem de moto pela Cordilheira dos Andes

"O êxito da vida não se mede pelo caminho que você conquistou, mas sim pelas dificuldades que superou no caminho".
Abraham Lincoln

Machu Picchu, a cidade perdida da civilização Inca, e considerada Patrimônio Mundial pela Unesco, faz parte do imaginário de muitos motociclistas. Assim, começamos a montar roteiro da viagem anual de nosso Moto Clube, Eu,Gata E Cão Fiel. Buscando relatos a respeito e descobrimos a Tagino Adventure, empresa turística de Porto Velho, Rondônia, que tem expertise em roteiros pelo norte da América do Sul.

Nosso grupo era constituído de oito motociclistas sendo que sete estariam com garupas, além de um casal amigo que seguiria no carro de apoio.

Após negociação, fechamos o pacote onde estavam incluídos carro de apoio, envio das motos com seguro para Rio Branco, receptivo das motos, hotéis, passeios pelo Peru (Machu Picchu e Lago Titicaca), guias nos passeios, com excelente condição de pagamento.

Inicialmente faríamos o roteiro por Cuzco, depois Puno onde fica o Lago Titicaca e retornaríamos ao Brasil por Mato Grosso do Sul. Porém, a cada leitura de relatos de outros amigos, fomos ampliando nosso caminho. Chegamos a fechar o roteiro seguindo pelo litoral do Chile, depois acrescentamos o Deserto do Atacama e próximo à data do embarque, houve o terremoto e tsunami na região norte do Chile, destruindo estradas e inclusive a pousada em Tocopila, onde teríamos pernoite. Sendo assim, Tagino, com larga experiência na região, propôs alterarmos a passagem do litoral chileno pela Bolívia, visitando o Salar de Uyuni. Inicialmente o grupo teve uma certa preocupação, pois das oito motos, sete estariam com garupas (esposas ou namoradas) e todos os relatos falavam sobre as dificuldades na região, porém resolvemos topar a aventura.

Viagem de moto pela Cordilheira dos Andes

O grupo então ficou composto por: Gomide/ Lena (Ktm 990 ADV), Alessandro/Renata e Vitor (duas BMW GS 1200 ADV), Elcione/Diacuí e Elias/ Amanda (duas BMW 800 GS), Rui/Cláudia e Mateus/Lu (duas Honda NC700X) e Eron/Joana(Bmw 1200GS) e Ericson/Sara e Romulo/Erica que seguiriam na caminhonete da Tagino Adventure.

Nessa ocasião, houve a maior enchente no Rio Madeira, afetando a BR-364, que liga Porto Velho a Rio Branco, sendo o único acesso por terra ao Estado do Acre. Como tínhamos contratado o Tagino para esta empreitada, a logística para entrega de nossas motos até o Acre foi bem complicada. Um caminhão veio até Macaé (RJ), local de partida, seguindo até Porto Velho (Rondonia). Lá as motos foram colocadas em outro caminhão, tendo que fazer a travessia de parte da estrada em dois barcos e, finalmente, seguir por trecho praticamente destruído pelas águas.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização