• Dicas
  • Publicado em:

Como economizar ao comprar sua moto?

Práticas e muito mais ágeis do que os carros no trânsito das grandes cidades, as motos são a principal maneira de locomoção de diversas pessoas em todo o Brasil. O preço mais acessível e o uso no trabalho, além do prazer de pilotar, são o que muitas vezes estimulam diversas pessoas a escolherem as motos como seus primeiros veículos. Entretanto, alguns erros são comuns de serem cometidos e com boas dicas é possível economizar no processo de aquisição e sair satisfeito. Veja algumas dicas:

Financiamento

Para quem deseja adquirir uma moto "0 km", é importante ter um planejamento claro. A decisão deve ser tomada com antecedência, para que seja possível traçar um plano a médio prazo e conseguir juntar mais capital. Isso porque, em geral, no caso dos financiamentos, um valor maior de entrada garante também preocupações menores no futuro e parcelas mais suaves.

Modelos

É preciso também escolher corretamente o modelo que se encaixa melhor com o uso que lhe será dado. É o caso de motos menores, que geralmente são mais econômicas e aconselhadas para deslocamentos mais curtos, urbanos e sem carga. Elas são ótimas para ir ao trabalho e se deslocar pela cidade, mas não são aconselhadas para grandes viagens ou velocidades mais altas. Já os modelos maiores e mais robustos são aconselhados para os amantes da velocidade para as longas viagens e que farão usos menos rotineiros, já que os gastos com manutenção são maiores.

Usadas

Uma maneira mais simples e prática para quem quer comprar a primeira moto. Com preços mais acessíveis, a compra de veículos usados é uma opção perfeita para quem não dispõe de tanta verba ou busca na moto uma alternativa para os transportes. Entretanto, é preciso muito cuidado na escolha da motocicleta correta, já que muitos problemas podem ser causados na negociação. Vale a pena ver vários modelos, fazer um teste prévio e verificar cada parte da moto. A segurança fica por conta da documentação, com a investigação dos dados do antigo proprietário e a segurança de um bom negócio.

Desconfie

É sempre importante desconfiar dos preços muito baixos ou de quilometragens muito pequenas. É muito importante estar com alguém que conhece melhor o modelo ou trabalha com motos para poder avaliar o estado e o valor. É fundamental também que estejam incluídos os documentos e o manual da moto. Ele contém o registro de revisões feitas nas concessionárias, fornecendo um histórico de seu uso.

Leilões

Uma excelente maneira de conseguir bons preços e segurança na hora da compra são os leilões públicos. Os veículos muitas vezes se encontram em melhor estado do que os usados colocados à venda em lojas e pelos proprietários, mas para isso é necessário uma pesquisa e avaliação prévia por parte dos compradores. Existem sites especializados que fornecem os bens disponíveis que foram anunciados no Diário Oficial para leilão. Procedimentos necessários para arrematar um veículo em um leilão online.

Deixar seu comentário

Postar comentário sem fazer login

0 / 2000 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 5-2000 caracteres
Seu comentário será enviado para moderação pelo administrador.
  • Nenhum comentário encontrado