Entrar

Assistência médica na rede pública de outros países durante viagem de moto

  • Categoria: Dicas
Assistência médica durante viagem de moto

Antes de embarcar para uma viagem de moto para outro país, é fundamental que seja feito um seguro de viagem para garantir a segurança e comodidade de sua ida ao exterior. O seguro-viagem proporciona assistência médica em caso de doença ou acidente, cobertura de gastos com medicamentos e serviços odontológicos, indenização suplementar à da companhia aérea por perda de bagagem, ajuda em caso de perda de documentos, serviços de localização e identificação de bagagens, auxílio em problemas jurídicos e até traslados do corpo, em caso de morte.

Saiba

O viajante brasileiro segurado pelo INSS e sua família têm direito a atendimento médico nos sistemas da rede pública de nove países

Agora, o que pouca gente sabe é que o viajante brasileiro segurado pelo INSS e sua família têm direito a atendimento médico nos sistemas da rede pública de nove países: Argentina, Cabo Verde, Chile, Espanha, Grécia, Itália, Luxemburgo, Portugal, Uruguai. Este direito é garantido por acordos internacionais de Previdência Social, assinados entre o Brasil e estes países. O benefício ainda é pouco conhecido, mas de acordo com informações do Ministério da Previdência Social, pouco mais de dez mil brasileiros fazem uso do benefício anualmente em países com os quais o Brasil mantém convênio.

Os Acordos de Previdência Social aplicam-se aos benefícios, conforme especificado em cada Acordo, relativamente aos eventos:

  • incapacidade para o trabalho (permanente ou temporária);
  • acidente do trabalho e doença profissional;
  • tempo de serviço;
  • velhice;
  • morte;
  • reabilitação profissional;

No entanto, para ter acesso ao atendimento gratuito no exterior, o cidadão brasileiro deve dirigir-se ao escritório do INSS local e solicitar o Certificado de Direito à Assistência Médica Durante Estadia Temporária e dizer que é beneficiário do INSS, indicando o período de permanência no país.

Ao chegar lá, apresente fotocópia e versão original do passaporte, RG, comprovante de residência no Brasil, passagem e comprovante de inscrição na Previdência Social e os três últimos comprovantes de contribuição ao INSS (guias de recolhimento da Previdência Social ou carteira de trabalho e os três últimos contra-cheques). Para os dependentes do segurado, é preciso levar a certidão de casamento e de nascimento dos filhos.

O interessado deve considerar um prazo variando entre dois ou três dias para a entrega do certificado, dependendo do departamento de cada estado. O Certificado de Direito à Assistência Médica Durante Estadia Temporária é gratuito.

O atendimento médico, seja para estrangeiros no Brasil, ou brasileiros no exterior, será feito por médicos e hospitais da rede pública de saúde. O viajante deverá se dirigir a um dos hospitais da rede pública no país onde estiver, tendo em mãos o certificado emitido no Brasil.

(Com informações do Ministério da Previdência Social)

Comentários (1)

  1. Luiz

Essa e uma grande realidade da America do Sul , muitos países não tem um sistema básico de saúde !

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização