Acordamos (ou ressuscitamos) às 10h30min. Preparamos as roupas de frio e fomos pegar um ônibus que passava na rodovia em frente à pousada que dava acesso à cidade. Fizemos a farra dentro do ônibus e eu filmei e fotografei cenas da cidade. Andamos por volta de 12 minutos no ônibus até descermos fora do local onde queríamos. Começamos a andar a pé pela cidade e vimos lugares muito bonitos com montanhas com gelo nos cumes. Tinha sol, mas o frio e o vento nos castigaram andando a pé. Todos ficamos encantados com o visual e as variedades das lojas com lembranças de milhões de opções.

Fomos almoçar no mesmo restaurante que nos havia rejeitado. A comida era farta, mas não havia nem arroz nem feijão. Muitas iguarias sem muitos valores iguais aos nossos. Comia-se, mas tudo sem muito tempero e sem gosto. Parece que o sal não foi descoberto aqui na terra do gelo. Chamei a garçonete e disse que tínhamos sido expulsos a noite por um garçom FDP e que eu iria dar uma surra nele. Ela ficou muito triste e seus olhos se encheram de lágrimas. Ela mesma disse que ele não podia ter feito aquilo. Mas mostrei a ela que ficamos indignados e minha vontade era de dar uma surra nele. Falei somente para eles saberem que se fosse no Brasil, o garçom tava fufu. Mas comemos e saímos para ver as novidades da famosa cidade do fim do mundo.

Pegamos outro ônibus e no meio do caminho descobrimos que não era o ônibus que tínhamos que ter pegado. Fomos até o ponto final e pegamos outro ônibus. O motorista também era o cobrador e fazia o troco ao mesmo tempo. Isso que é economizar funcionário e Mão de obra.

Estávamos todos muito cansados da viagem de moto e de tanto andarmos a pé pela cidade.

Fomos para a pousada e depois para uma Panaderia, que quer dizer Padaria, que ficava perto da pousada e compramos comida para passarmos a noite.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.