Nesse dia a Patagônia nos esperava com toda sua fúria de ventos e frio incessantes.

Na medida em que a viagem progredia pela Ruta 3 na direção de Ushuaia, a impressão era de que o frio e o vento duplicavam a cada dia. Mesmo assim parávamos para tirar fotos e filmar.

Numa dessas seções para fotos, com muito vento lateral, eu estava parado sobre minha moto à beira da pista, me equilibrando enquanto guardava minha Nikon na bolsa de tanque, quando passou um caminhão muito próximo à minha moto e não tive chance alguma, fui arremessado ao chão com minha moto e tudo. O grupo todo me socorreu, ajudando a levantar a moto que não sofreu nenhum arranhão por causa das proteções que coloquei e pelos bauletos laterais. Tudo bem e sem problemas, mas senti a força da natureza bem de perto.

Seguimos viagem. Em Rio Gallegos, Moacyr e Odileno se perderam da gente enquanto procurávamos hotel. Depois o grupo se encontrou novamente.

Amanhã será mais um dia de teste para nós e para nossas motos.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.