Entrar

1º dia - Boston - Virginia Beach

Viagem de moto pelos Estados Unidos

No nosso primeiro dia de viagem percorremos um total de 937 km (586 milhas) entre Boston e Virginia Beach.

Combinamos de acordar cedo para chegar a Nova York ao amanhecer e fugir do trânsito do sábado de um fim de semana prolongado. Segunda-feira será feriado do dia do trabalho nos Estados Unidos. por isso, às 3h20 já estávamos prontos e iniciamos nossa viagem rumo a Key West, na Flórida.

Saímos da casa do Hugo, meu sobrinho, e percorremos as excelentes estradas de Massachusetts. Pegamos um pouco de neblina, mas não atrapalhou a viagem, pois as estradas são muito bem sinalizadas, três pistas em cada sentido e ainda havia pouco movimento.

Ao chegar próximo a Nova York estava amanhecendo e a estrada piorou muito, lembrando as que temos no Brasil. Muitas emendas e ondulações, motoristas malucos andando muito acima do limite e passando muito próximos a nós.

Já entrando em Manhattam o Hugo ia entrar por uma via e notou que estava errado, parando a moto e eu parei logo atrás. Demos ré (com as pernas), pegamos a via certa e logo à frente três policiais nos pararam e deram uma dura em nós por termos feito uma conversão proibida. Mas fomos liberados sem multa.

Em Nova York não tivemos muita sorte. Todo lugar que parávamos para tentar tirar uma foto vinha um policial nos repreender, alguns até com grosseria. Passamos no local onde ficavam as torres gêmeas e estão sendo costruídos dois novos prédios, um deles já pronto. Havia um policial em uma viatura numa rua sem movimento (ainda não eram 7 horas da manhã) e o Hugo perguntou se podíamos estacionar as motos próximo para tirar umas fotos e ele respondeu que se fosse rápido poderíamos. Paramos e mal começamos a tirar as fotos chegou um outro policial e perguntou se as motos eram nossas. Ao responder afirmativamente ele disse "vocês vão ter que sair...".

Tínhamos programado ficar a manhã na cidade e depois seguir para Delaware, mas a dificuldade para estacionar, o tempo fechado anunciando chuva, a grosseria dos policiais, junto com as ruas muito mal conservadas, emendas e tapa buracos mal feitos, como os que encontramos nas ruas das cidades brasileiras, nos decepcionaram tanto que ficamos pouco mais de duas horas na cidade e seguimos em frente.

Poucos quilômetros depois de sair da cidade pegamos um engarrafamento monstro devido a obras. O tempo estava abafado, o termômetro da moto mostrava 100º F, o que corresponde a 38º C, o que nos esgotou bastante. Passado o engarrafamento, paramos em um posto para hidratar e fazer um lanche e acabamos ficando bastante tempo até recuperar as energias.

O tempo abril e o sol apareceu, esquentando ainda mais a temperatura nas estradas que melhoraram muito quando entramos em Delaware e depois Virgínia. Neste estado, passamos por uma península muito bonita, com lindas fazendas de milho e soja, parques florestais, estradas magníficas, mas muito fiscalizadas.

O destaque negativo foram os pedágios, gastamos quase USD 30 com cada moto. Por aqui, moto paga o mesmo valor que carro nos pedágios.

O destaque positivo do dia foi a passagem pela ponte e túnel que atravessa a Chesapeake Bay e liga a península que comentei acima com o restante do estado da Virgínia. Ela tem um total de 37 km, sendo boa parte passando por baixo do mar. Um visual incrível. Pena que a filmadora acabou a bateria antes de chegar na ponte e não deu para registrar direito esse trecho da viagem.

Chegamos a Virgínia Beach e resolvemos ficar por aqui, em um hotel bem simples e caro (USD 149), mas não estávamos com ânimo de procurar mais.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização