Riders Of Freedom

Incoerentes facetas da vida

Ainda bem pequeninos aqueles meninos escolhem, sem uma razão linear, um time de futebol pra torcer e ser fiel por toda a sua vida.
Escolha que pode derivar do fato do time ganhar muitos jogos e campeonatos à época, ou pela pressão e influência do pai, tios e padrinho, ou seguindo a escolha dos amigos, ou por ter o melhor jogador do mundo ou mais algumas indiferentes razões.
Em suma, uma criança, com pouco embasamento pra fazer uma escolha pra toda a vida, a faz pelas simples razões citadas acima.
E praticamente 100% deles a mantêm intacta por todos os dias da sua vida.

Humildade e generosidade

Certamente são duas das nossas mais simples virtudes, e das mais ricas e escassas.
Principalmente neste novo tempo, do eu tenho, do eu sou, do eu posso, do pode quem tem, do tem quem pode mais e do você sabe com quem está falando? Daí pra fora.

Dia do Rock

Viva o Dia do Rock, e vivam as grandes apresentações de nossas queridas bandas no circuito motociclista.

Hoje, dia de 13 de julho, no Dia do Rock, e sempre, estaremos vivendo cada acorde e solos de um verdadeiro rock and roll. Divirtam-se.

Natureza humana dos motociclistas

Existe algo inexplicável, algo não muito claro para identificar exatamente as razões de tal natureza.

Embora sejamos tão distintos na nossa criação, formação, costume, cútis, credo, profissão, cultura, região de origem, idioma e sotaque na maneira de nos expressarmos, o pouco que temos em comum nos faz tão semelhantes, tão iguais.

Cotidiano das relações

"Aí tio, pode passar!"

Aí tio? Tio? Pior que isso só existe o tiozinho.

Não lembro de o meu material genético ter feito combinações com o respectivo material genético de alguma irmã dos pais deste moleque, de forma a gerar o seu ácido desoxirribose nucleico. Ou seja, o seu vulgo DNA.

Coragem na nossa caminhada

O que aconteceu com a gente?

Em que ponto desta longa caminhada fomos traídos ou atraídos pra algum desvio e viemos parar onde estamos?

Eu me recordo de momentos há pouco tempo atrás, durante a minha infância, que as pessoas simplesmente se importavam.

Simples sabedoria

A justa maneira de todo mundo saber quem tu és, não é por ti, é pelas pessoas que te conhecem.

Não percas teu tempo em contares tuas glórias e conquistas, poupe-nos, serão mais bem caracterizadas e valorizadas se as descobrirmos por outrem.

Redes Insociais

A necessidade de estarmos conectados a uma rede social ultrapassa em muito o verdadeiro sentido e razão da nossa existência como seres sociáveis.
O comportamento e presença nestas redes, em muitos e muitos casos, beiram o estado inicial de insanidade e de dependência pseudo-social.

Condicionamento social e o jeitinho brasileiro

Quantos de nós, ao menos em algumas disciplinas, não ocupávamos momentos de estudos com coisas mais prazerosas da vida?
Jogar bola, sair com amigos ou mesmo ficar sem fazer nada era muito mais atrativo que se debruçar sobre os livros e cadernos, principalmente das disciplinas de muita leitura, as conceituadas pejorativamente como matéria de "decoréba".

Ser uma pessoa comum e feliz

Sempre fui criado com princípios morais comuns.

Quando criança, ladrões pareciam ladrões e nossas únicas preocupações em relação à segurança advinham das inspeções repentinas dos "lanterninhas" de cinema quando começávamos a "socar" os pés no chão acompanhando a música que precedia os filmes. Ou quando os inspetores de alunos nos levavam à secretaria da escola. Ou quando a rebelde bola de capotão teimava em passar pelo vidro da janela da Dona Magnólia.

Conteúdo relacionado - Artigos

História da Motocicleta

O “Bar & Shield” da Harley Davidson

O “Bar & Shield” da Harley Davidson

Motociclistas invencíveis

O Touro Ciumento

Motociclistas invencíveis

Medida Inteligente

Textos legais

Beber e pilotar