Textos legais

Deuce Apolo 11

Já tinha acontecido muito problema e nada, nada poderia dar errado.

Foi ai que o destino resolveu conspirar contra a minha companheira. Espera ai que vou te contar essa história.

Era janeiro de 2009, fim de tarde, eu, o Buga e o Marcelo, dois amigos que rodavam o Uruguai comigo acompanharam a cena.

Viagem em uma motocicleta

Uma terra exótica, mística e encantadora, com remotas vilas nas montanhas, ruínas de construções antigas, lindas praias e espectaculares vistas de montanhas. Agora imagine o quanto é melhor visitar estes lugares em uma motocicleta, com o vento em seu rosto, imagens, sons e cheiros não bloqueados por janelas fechadas.

Estreia na estrada

Acabo de ler um texto que o meu amigo Wolfmann escreveu no seu blog, que trata da ansiedade e do receio que surgem na primeira viagem com uma moto.

Motociclista: um bando de estranhos caras felizes

Há algum tempo atrás, o pai de um anjo, que não está mais entre nós, disse-nos que gastou muito tempo falando de história sobre vocês, mas, para ser honesto, eu nunca prestei muita atenção. Então, como ele era muito cabeça dura, ele me fez conhecer todos vocês, um por um. Ser abraçado e beijado por vocês, como se fosse o próprio filho; vestindo aquelas roupas de couro apertadas, aqueles capacetes coloridos, vocês pareciam realmente durões …

Caminhos errados?

Algumas vezes deixo as coisas acontecerem pra ver onde vai dar.

O que vou contar foi na estrada, indo em direção ao norte, na verdade a uma cidade do nordeste encontrar alguns irmãos e amigos.

Viagem de uma semana, um mês, ou um ano, não faz a menor diferença.

Minha primeira viagem de moto

Já eram por volta das 16 horas, peguei minha moto e fui em direção a BR 040. Naquela época, eu ainda era solteiro e estava de férias do serviço. Muita gente que me conhecia dizia que eu não estava nem aí para a hora do Brasil.

Quando cheguei perto de Congonhas, parei no acostamento, fiquei alguns minutos filosofando sobre o fim daquela estrada e me subiu uma vontade imensa de continuar viajando. Imaginei vários locais para conhecer e, em um surto de loucura, segui em direção a Belo Horizonte.

10 desculpas para não realizar uma viagem de moto

Quantas vezes você, ilustre leitor e motociclista, já pensou ou já ouviu de amigos "explicações" para não empreender uma longa viagem de motocicleta?

Os motociclistas experientes dizem que o momento mais apreensível de uma grande viagem de motocicleta é a partida, depois tudo é festa e complementam: o que mais frustra um motociclista de viagem é ver tolhido o sonho de realização.

Minha história no motociclismo

Corria o ano de 2002; eu tinha 37 anos e vivia sob o risco manifesto de sofrer um infarto.

Fumava 4 maços de Charm 100’s por dia, comia compulsivamente, pesava mais de 100 Kg e vivia estressado. Dormia mal, só pensava em trabalho e não praticava qualquer atividade que proporcionasse algum prazer, além de frequentar a sauna do meu clube, onde, além de um papo mórbido com outros advogados estressados, só fazia comer, beber e dormir.

Santo Remedio: Caldo de Estrada

Caros amigos motociclistas, cuidado com o excesso de trabalho !!!

Para dores no peito, stress, dores de cotovelo, tristeza, melancolia, falta de amigos, existe um santo remédio que se chama "Caldo de Estrada".

Pegue uma máquina de duas rodas motorizada, também conhecida como motociclo, de preferência de médio ou grande porte.

Lave na véspera, adicione gasolina.  

Porque viajar de moto

Certa ocasião eu fiz um passeio de moto com um grupo de amigos, e o trajeto incluia a estrada entre Mariana e Catas Altas, cidades históricas de Minas Gerais. Em determinado trecho dessa estrada havia uma subida íngreme que era vencida ao contornar diversas curvas à direita e à esquerda, do jeito que todo motociclista gosta. Após a última curva se abriu no horizonte um vale esverdeado, emoldurado ao fundo pela Serra do Caraça. O sol se punha e, apesar das evidentes marcas deixadas pelas mineradoras no solo e na Serra, a visão que tivemos naquele momento era de puro explendor. A sensação era um misto de ofuscamento e deslumbramento como poucas vezes se tem a oportunidade de sentir ao longo de uma vida. Me fez pensar se não era assim que os cavaleiros de outrora sentiam quando, em busca de suas conquistas, cavalgavam em seus cavalos em direção a terras distantes e vislumbravam ao longe o seu destino. O medo e a emoção devem fazer parte de alguns momentos para que as percepções e os sentidos estejam vivos e sensíveis para apreciar a paisagem de uma maneira muito mais especial.

Conteúdo relacionado - Artigos

Motociclistas invencíveis

Motociclistas

Motociclistas invencíveis

Eu era Feliz e não Sabia