Há algum tempo atrás, o pai de um anjo, que não está mais entre nós, disse-nos que gastou muito tempo falando de história sobre vocês, mas, para ser honesto, eu nunca prestei muita atenção. Então, como ele era muito cabeça dura, ele me fez conhecer todos vocês, um por um. Ser abraçado e beijado por vocês, como se fosse o próprio filho; vestindo aquelas roupas de couro apertadas, aqueles capacetes coloridos, vocês pareciam realmente durões …

Mas uma vez que as viseiras fumês eram levantadas, vocês tinham olhos bonitos, limpos e cheios de lágrimas; olhos onde você poderia se perder neles, chegar em suas almas e ver que pura elas são.

Tirando suas roupas de couro, e, no final do dia, você veria que eles cresceram como crianças, nada mais que isso…

Eles gostam da vida, churrasco, cerveja e a brisa no rosto… e ainda procurando pela mãe, quando as coisas dão errado…

Tem gente que diz que quando montamos em nossas motos, anjos e demônios vão conosco!

Pode ser até verdade, é um tipo de dualismo que faz esse estilo de vida ser tão rico em emoções, que fazem seu coração bater mais rápido, parecendo que vai sair pelo peito a qualquer momento.

Demônios fazem você acelerar, irracionais e violentas aceleradas, na hora que a adrenalina corre direto para seu cérebro e você fica tremendo por vários minutos.

Anjos que carregam com eles a face a as vozes de quem não está mais conosco; vozes da experiência por vezes forjada em ossos quebrados.

Sim é verdade que você pode morrer pilotando uma moto; isso pode acontecer com qualquer um de nós isso machuca, REALMENTE MACHUCA.

Mas nada se compara à quantidade de vida que torna isso em lembranças fantásticas, em “flashes” que duram uma eternidade de risadas, aquelas risadas altas e profundas que vêm do coração, tão altas que fazem o sol brilhar num dia nublado.

Converse com qualquer um de nós, peça-nos para dizer sobre uma história de nossos últimos passeios alguma curva da estrada de sua montanha preferida, e você se perderá naqueles olhos sorridentes, naquele sorriso natural que gradualmente se espalha pelo rosto inteiro.

Converse com qualquer um de nós, pergunte como a vida seria se algum dia tivéssemos de desistir de nossa paixão e, tudo que você irá escutar é o som do silêncio, você verá que aquele rosto sorridente do “garoto” ficará vazio…. como um marinheiro partindo para o mar ou como um pássaro com a asa quebrada…

Sim, você pode morrer em uma moto, mas acredite, não há melhor jeito de se viver o pouco tempo que nos é dado!

E se você não entendeu nada até agora, não se preocupe, você nunca entenderá!

Mas se um dia você estiver na estrada com sua família indo para a praia, na segurança de seu carro, E UM DE NÓS passar vagarosamente pelo seu carro, você verá que seu filho, sentado no banco de trás, de repente virar a cabeça, acenando e cumprimentando empolgado, não tente entender seu filho também.

Seu filho, com toda sua inocência, vê em nós uma centelha de algo que você nunca reparou!

E o motociclista acenará também, não há nada de errado e você sabe que… Anjos na terra se cumprimentam!

Motociclistas, um bando de grandes e estranhos caras felizes … em ser motociclistas

Autor Desconhecido

Comentários (17)

This comment was minimized by the moderator on the site

Maravilhoso esse texto, o autor está de parabéns e o site, mais ainda por publicá-lo.

This comment was minimized by the moderator on the site

sou de Caxias do sul e fui para a estrada esse final de semana, sai na sexta dia 06/07/12 quase 400 km de chuva , vento , frio... na volta um ótimo domingo de sol, logo que sai da Cidade que meus pais moram, passei por dois companheiros que viajam em direção a Argentina, então estiquei meu braço esquerdo e com a mão aberta passei por eles, eles retribuiram, como um cumprimento entre velhos amigos... é isso que faz valer a pena estar de motocicletas pelas estradas... abraços a todos!!!

This comment was minimized by the moderator on the site

Chego após 6 dias rodando 2300 Km em estradas Rio Grandeses, Argentinas e Uruguaias e deparo-me com essa belíssima mensagem, realmente é emocionante, obrigado a querida amiga que me mandou.

This comment was minimized by the moderator on the site

!!! Bravo !!! Bravíssimo !!! Meus parabéns ao responsável pela publicação desta matéria !

This comment was minimized by the moderator on the site

Simplesmente tudo, desde pequena sonhei em ser motoqueira, ao ver meu tio sorridente em ir aos encontros de motos... simplesmente magicos esses momentos!! hoje vejo mais ainda a tal felicidade que meu tio tinha em me contar as viajens que fazia quando eu era muito pequena (cinco , seis anos), pois resolvi fazer as mesmas viajens que ele fez para tirar a prova desta tal magia que é estar fazendo parte da paisagem, e se contemplar com as mais belas emoçoes e adrenalinas que andar de moto proporciona!

This comment was minimized by the moderator on the site

é assim que um motociclista se sente.O verdadeiro motociclista.(ANJOS E DEMONIOS MOTO CLUBE) Brasilia-DF

This comment was minimized by the moderator on the site

ralmente um belo testo! bacana mesmo!! opa gol do carlos barbosa!! decisão 1x1

This comment was minimized by the moderator on the site

au autor desconhecido!! realmente munnnnnnnnnnnto lindo!!

This comment was minimized by the moderator on the site

Simplismente a verdade sobre nós motociclistas...

This comment was minimized by the moderator on the site

Sr Redator - Belissimo texto O QUE TERIA SERVIDO DE INSPIRAÇÃO ao autor ... E QUEM É ESSE AUTOR DESCONHECIDO TÃO INSPIRADO ?

This comment was minimized by the moderator on the site

Um texto de pura inspiração e sensibilidade, verdade dura que nos faz recordar amigos que se foram e por outro lado palavras doces que revelam a alma criança que habita em todos nós. Emocionou mesmo e acredito que muitos de nós, caras felizes, iremos refletir muito sobre isso. Oxalá o texto faça o mesmo com aqueles que insistem em só em nos ver como caras estranhos. Obrigado Proveti

This comment was minimized by the moderator on the site

...nossa,sentir um arrepio quando li o texto, pois é exatamente o que eu vivo. O texto sem dúvidas nos remete a lembranças, ótimas lembranças, quiça futuras experiencias... Abraços

This comment was minimized by the moderator on the site

Putz... otimo texto! Me enxerguei nele... Valeu!

This comment was minimized by the moderator on the site

MEUS PARABÉNS, MEU CARO PROVETTI, VOCÊ ESTA SEMPRE NOS BRINDANDO COM INFORMAÇÕES - REFLEXÕES - ETC... DE ALTÍSSIMO QUILATE. QUE DEUS TE ABENÇÕE SEMPRE.

This comment was minimized by the moderator on the site

E um belo texto, referindo-se a criançada em seus velocipedes.Quando veste suas roupas e montam suas maquinas se tranformam, isto sim e realidade.

This comment was minimized by the moderator on the site

É bem isso aí! Deabaixo do capacete e da jaqueta de couro (roupas de couro apertadas não!) há um menino. Curto essa 'criancice' de motociclismo há 31 anos e, a despeito das rugas e dos cabelos brancos que me denunciam a idade, continuo criança quando piloto minha moto, quando compro um novo equipamento, quando ajusto um regulagem, quando minha esposa e eu rodamos pelas estradas, quando encontro com os irmãos motociclistas ... Eta, infância longa e linda!

This comment was minimized by the moderator on the site

Caro Rômulo. Obrigado pela remessa dessa crônica (não anunciada) sobre a felicidade que assoma a todo motociclista. Cuida-se de verdadeira ode ao motociclismo e seus milhôes de adeptos. Um abraço do amigo, Dr. Belizário de Lacerda

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Motos Adventure - expedição de moto pelo mundo

Livro sobre viagem de moto até o Atacama