Pessoal, a motocicleta me traz dois sentimentos extremos.

Alegria

Meu coração fica transbordando de alegria, de pronto aflora o sentimento de liberdade quando viajo de motocicleta, quando faço um passeio como fiz com Alexandre e Regis sábado passado, quando escuto o ronco de minha HD ou de outra, quando me delicio contemplando-a, quando relembro os lugares distantes onde já fui, quando faço planejamento de minhas próximas viagens de motocicleta, muito legal mesmo. Ainda mais, o expressivo número de amigos que fiz até hoje devido a este hobby.

Meu coração se alegra em demasia. São muitas emoções fortes, fico sem dormir direito quando vou a um passeio de motocicleta ou no inicio de uma vigem longa.

Tristeza

Agora, fico demasiadamente triste, desapontado, com sentimentos de perda, quando vejo um amigo querido morrer de acidente de motocicleta, tendo feito ingestão de bebida alcoolica.

Conheço muitos casos de morte numa motocicleta por ingestão de álcool. Outros motociclistas ficaram com sequelas, outros ainda que envolveram terceiros inocentes no seu ato. Mais sério ainda é que continuo vendo muitos motociclistas fazendo de conta que não é com ele ou que nada ocorreu e após alguns dias do acidente voltam e beber pilotando motocicleta.

São muitos os acidentes envolvendo motocicleta devido à ingestão de álcool. Sem falar que é proibido por lei em nosso país.

Até quando fecharemos os olhos para este assunto de tamanha seriedade?

Outro dia uma amiga, que sabe de meu gosto por motocicletas, disse-me: "- Ricardo, observei que havia muitas HDs num posto de combustíveis". Aí fez elogios à beleza que compartilhamos. Dai falou assustada. "- Ricardo, eles estavam bebendo". Isso para o pessoal de fora é um absurdo. É irresponsabilidade, é inadmissível. É crime em nosso país beber e dirigir".

Pessoal, proponho acabarmos com este hábito de sair para beber pilotando motocicleta. Vamos fazer um pacto pela vida?

Espero o engajamento de vocês nesta campanha que ora deflagro.

Um grande abraço e um beijo no coração,

Comentários (21)

This comment was minimized by the moderator on the site

Apoio pesaroso, tenho esperança que a autocrítica impere e os ''espíritos de porco'' esqueçam as chaves quando estiverem de porre.

This comment was minimized by the moderator on the site

Muito bem Ricardo. Iniciativa maravilhosa essa sua. Infelizmente nos brasileiros não tivemos formação de cidadania Nos especializamos em burlar as leis e fomos forjados na Lei do Gerson- temos que tirar vantagem de alguma maneira. É chegado o momento da consciência Se a leia não permite então não faça. O problema que além da nossa falta de educação , não temos um organismo fiscalizador e atuante que puna severamente os infratores como acontece nos EUA e Canadá. Enquanto essa consciência não chegar assistiremos tantas desencarnações prematuras , vitimas do livre arbítrio mal empregado por esses infratores. Mais uma vez parabéns e faço coro as suas palavras. Abraços. Flavio Martins. Barbacena. MG.

This comment was minimized by the moderator on the site

Parabéns Ricardo, Mais pessoas deveriam ter a consciência da brutalidade de uma perda por acidente. Muitas pessoas ficam órfãs, amigos, pais, filhos, esposas etc. As motos foram feitas para nos dar alegrias, relacionamentos saudáveis, e não correr riscos. Dizem que o motociclista está sempre certo em tudo, menos quando liga a sua moto e sai sem pensar nas consequências. Mais uma vez, parabéns Rodrigo

This comment was minimized by the moderator on the site

As suas palavras,Ricardo,são a expressão da verdade.Dizem( e concordo plenamente) que a bebida e direção não são boas parceiras.Penso que o dirigir,seja lá o que for,merece inteira dedicação,atenção,e,mesmo assim,acidentes ocorrem,muitas vezes,não por sua causa,mas,por terceiras pessoas.Em assim sendo,necessários os reflexos positivos e a atenção redobrada.Na verdade,nem à música me detenho...Motivos? a atenção ! Contudo,já experimentei dois acidentes com a minha HD e,sinceramente,não por minha culpa...Costumo dizer que "a bebida faz com que o chão fique mais perto!" Saudações.Jairo

This comment was minimized by the moderator on the site

Agradeço aos motocilcista, leitures e todos que leram e comentaram. Considero este assunto sério, pois é uma questão de vida. Em nosso meio, motociclistico é comum beber e pilotar, temos que dar um basta nisso. digo que quero continuar andando de moto, ou de HD, em duas rodas,e para isso não posso continuar benbendo e andado de moto. Pra mim andar de moto é mais importante. Eu estou viovo, saudável e consiente e prentedo levar este assunto adiante. É dificil, mais eu irei adiante, Deus é mais. Muitos de vocês não pedi autorização para divulgar, mais o fiz, desculpem. Entendi que seria bom expor as pessoas que estão mobilizardas ou apoiaram o assunto. Um grande abraço e um beijo no coração. Ricardo maia

This comment was minimized by the moderator on the site

Parabéns Maia Ótima matéria Abraços Machado

This comment was minimized by the moderator on the site

Vc está com toda razão , Maia . Misturar 2 rodas com bebida alcoolica é lamentável . O nome disso é vício , a pessoa não pode se divertir tomando um suco ou um refrigerante . Lamentável . Acho uma causa perdida pois em todo evento o que mais se vê é cerveja . Nos poucos passeios que organizo tento controlar os excessos . Campanhas maiores tinham que partir dos fabricantes e comerciantes de moto . Mas sau carta será divulgada . Um abraço . CHD .

This comment was minimized by the moderator on the site

Parabéns Ricardo, Toda iniciativa que tem por objetivo aumentar a segurança de todos que podem sofrer com um acidente é bem vinda. As vezes corremos o risco sem pensar nas consequencias e até nos que por ventura possam ser emvolvidos sem ter nada haver com quem assumiu o risco de beber e dirigir. Vamos aproveitar para refletir sobre isso, tem aquele momento que só pensamos no prazer de pilotar nossas maquinas potentes e com umas duas na cabeça o cara fica mais valente, o risco aumenta enquanto a percepção do risco diminue, é preciso lembrar que as ruas também são usadas pelas crianças, mães, avós e até pelas sogras. Juizo galera, acho que dá pra ter mais prudencia sem deixar ficar chato. Viva as Big Traill, na minha opinião a moto mais segura para estradas e uso urbano. Saudações a todos.

This comment was minimized by the moderator on the site

Grande Maia. Pela segunda vez lhe parabenizo pela postura correta e pelo bom homem e motociclista que és, eu que o diga o quanto sofremos e o quanto é irresponsabilidade e crime beber e dirigir, trago em meu corpo junto com as tatuagens muitas cicatrizes, tempo, angustia e sofrimento coletivo (família e amigos), na recuperação dos acidentes que sofri nestes 35 anos de motociclismo, e afirmo que a causa raiz de todos foi o álcool, por isto reflitamos e sejamos conscientes e preventivos, façamos de nossa vida uma festa saudável e harmoniosa. E sem hipocrisia ou demagogia, sejamos prudentes, eu tenho me policiado e busco não exagerar, aprendi da maneira mais difícil... Muito obrigado mais uma vez Maia.

This comment was minimized by the moderator on the site

Maia, parabéns pela grande iniciativa. Forte abraço

This comment was minimized by the moderator on the site

Parabens Maia pelo artigo. Não sou melhor que ninguem, apenas gosto dos meus amigos e rezo por esta cartilha há muito tempo. Conte com meu apoio e solidariedade. Um grande abraço Helinho

This comment was minimized by the moderator on the site

Maia Apoio totalmente sua proposta. Conte comigo para divulgar. Abs,

This comment was minimized by the moderator on the site

"O slogan nao seria LIBERDADE pilotando?" Mas misturado com alcool seria LIBERTINAGEM colocando a vida de outros em risco,,,,,,,,,,,,,e a sua tambem mane!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

This comment was minimized by the moderator on the site

muito bom, lenvantar esta bandeira de concientização e muito importante. Muita gente sendo perdida por 10 minutos de prazer sob o efeito do alcool.

This comment was minimized by the moderator on the site

Bom dia, Ricardo. Concordo sobre a importância do assunto. Mas, acho que vai gerar muita polêmica, como a Lei Seca, aqui no Rio de Janeiro. Eu quase não bebo, mas percebo que nos eventos e confraternizações, para a galera, a bebida é essencial. E no motociclismo, onde o principal atributo é a liberdade, creio que cada um deve saber o que é melhor para si mesmo e arcar com as consequências. Forte abraço.

This comment was minimized by the moderator on the site

Grande Artur, Minha opinião, ou seja, vejo este assunto da seguinte forma: o sujeito comprar uma HD ou uma moto. Inicia o contato com os HD e observa que muitos bebem, dai passa a beber e pilotar, pois é comum no grupo. Depois disso passa e beber e pilotar normalmente pois acha que é assim. Tenho vários amigos que tiveram acidentes com motocicleta desta forma, uns já estão na casa do pai, outros com sequelas para o resto da vida. E os companheiros do grupo, após chorar o morto por um período voltam a fazer o mesmo que antes. E o ciclo se repete. Um grande abraço, obrigado pela sua atenção.

This comment was minimized by the moderator on the site

É Maia, você tem razão. Revendo a minha posição, como posso ajudar?

This comment was minimized by the moderator on the site

Caro Artur, Vamos divulgar esse assunto. Você com amplo conhecimento que tem no meio motociclistico, veja onde você poderá alertar os nossos amigos.

This comment was minimized by the moderator on the site

Podíamos bolar um banner e divulgar no facebook etc, tipo uma moto Harley caída na estrada e a frase "O excesso de álcool já nos levou vários amigos, deixando famílias sem pai. Não permita que o próximo seja você." Abraço.

This comment was minimized by the moderator on the site

Caro Maia, Sempre me questionei sobre esse hábito dos nossos companheiros pilotos. Entendo que queremos "brindar" esses momentos de tamanha alegria quando nos encontramos para passear com nossas HD's mas, como vemos frequentemente, o preço que pagamos por esse brinde é muito caro!!! Ouvimos sempre as mesmas desculpas (só bebi uma latinha, eu sei meu limite, quando bebo eu piloto devagar e por aí vai...). Sei que é muito difícil colocar na cabeça de todos essa consciência de não beber ao pilotar uma moto mas, acho que não devemos desistir nunca de tentar... Você está fazendo a sua parte, eu sempre fiz a minha por NUNCA ter bebido um único gole de bebida alcoólica nos encontros de moto e tento dar o exemplo. Parabéns pela atitude e a luta continua... Sugestões: - Marcar um passeio movido apenas à gasolina e não ao alcóol, rsrsrs (Dia do Passeio Sem Álcool); - Chegar mais cedo do passeio, deixar as motos em casa e nos encontrar para comemorar; - Nos passeios, aqueles que beberem racham a conta e gasolina dos que não beberam (talvez se pesar no bolso...) Abraço, Eduardo Leão

This comment was minimized by the moderator on the site

Realmente é uma tristeza ver colegas motociclistas ingerindo bebidas alcoólicas e pilotando. Tenho comigo marcas no corpo que podem atestar os perigos de tal ato, por sorte, nenhum dos três acidentes em que me envolvi deixou sequelas incapacitantes nem atingiram terceiros. Estou sem beber desde que a lei seca foi promulgada e acredito que muitos dos colegas motociclistas devam tomar atitudes, se não tão radical, pelo menos de não beber ao pilotar ou dirigir.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.