Entrar

Corredor para Motos

Há tempos vem sendo discutida uma delicada questão: "Corredor para motos transitarem, é legal, ou não?".

Alguns dizem não ser permitido, outros afirmam ser tolerado. Mas nessa estapafúrdia confusão do "parece que não sei", motociclistas ficam preocupados e com isso prejudicados.

Todos entendemos que desde os primórdios da sua invenção, motocicleta tem por princípio ser utilizada por pessoas que querem versatilidade, agilidade e rapidez no trânsito para chegarem em tempo e à hora nos seus compromissos. Notaram que não citei velocidade, porque isso está condicionado às pistas de velocidade e não no trânsito das vias públicas.

Facilmente por aí então se entende, que quem a adquire e utiliza, necessita desse princípio básico mencionado. E que para utilizá-la paga impostos, fica obediente ao CNT, sujeita-se às multas, imprevistos e encargos, tal qual os demais veículos.

Então, por quê essa discussão que mais parece querer, inutilmente, descobrir "qual o sexo dos anjos?'

Qualquer pessoa inteligente de imediato perceberá, que por se tratar de veículo pequeno, ligeiro e versátil, o trânsito ficará mais desafogado, tranqüilo e com fluidez racional. Partindo dessa premissa fácil ficará entender, que quanto mais motos houver, e com isso menor quantidade de outros veículos, o trânsito só poderá melhorar e as vias ficarão mais conservadas.

Mas se insistirem que motocicletas não podem transitar por corredores entre carros em movimento e sim ocupando o mesmo espaço deles, então seu básico, que vem desde os primórdios da sua invenção, perderá todo o sentido, sem falar que o trânsito ficará mais saturado, tendo em vista que espaços não utilizados pelas motos nas vias estarão desperdiçados. E os motociclistas, como ficarão após perderem o seu direito básico de ir e vir com maior agilidade? Direito que tinham quando compraram suas motos?

Mas se esses corredores continuarem existindo, nenhum conflito de interesses haverá sobre esses direitos; com mais motos circulando, menor será o número de outros veículos; e aqueles motoristas, que ainda receavam em fazer a troca, finalmente tomarão a iniciativa de abandonar seus carros para andarem livremente com suas novas motos através de um trânsito mais organizado e com vias bem conservadas.

Motociclistas Invencíveis
João Cruz

Comentários (4)

  1. Eduardo

Hum... Esqueceu da parte legal da coisa... Há 3 artigos que tratam do assunto. A saber: artigos 192, 199 e 211.

  1. Paulo Cândido

Penso assim: Eu nunca ando pelos corredores,nunca! o que eu faço é ultrapassar pela esquerda os carros que estão mais lentos do que eu, simples assim. Afinal moto é menor do que carro e dá para ultrapassar sem problemas pela agilidade. Estou obedecendo ao conselho de trânsito em deixar para trás...

Penso assim: Eu nunca ando pelos corredores,nunca! o que eu faço é ultrapassar pela esquerda os carros que estão mais lentos do que eu, simples assim. Afinal moto é menor do que carro e dá para ultrapassar sem problemas pela agilidade. Estou obedecendo ao conselho de trânsito em deixar para trás véiculos mais lentos e não vejo nada de errado nisso, logo não cometo infração. Se não ultrapassar haverá confusão no trânsito e este vai ficar saturadíssimo sim! Imaginem numa grande cidade onde o número de motos é muito grande e todas elas uma atrás da outra ocupando o espaço a que tem direito e sem ultrapassar o carro à frente. Vai ter motorista irritado e motociclista também. :lol:

Ler Mais
  1. G.Gobbo

Concordo plenamento com o corredor para as motocicletas. <br /><br />No entanto os espelhos retovisores dos automóveis devem ser aperfeiçoados. Eles precisam anular os ângulos mortos ou adptar câmaras do tipo de dispositivos móveis, alimentados com fonte na tensão de 12 V, mostrando toda a...

Concordo plenamento com o corredor para as motocicletas. <br /><br />No entanto os espelhos retovisores dos automóveis devem ser aperfeiçoados. Eles precisam anular os ângulos mortos ou adptar câmaras do tipo de dispositivos móveis, alimentados com fonte na tensão de 12 V, mostrando toda a varredura do campo situado na traseira do automóvel. <br /><br />Assim não serão mais necessários espelhos ineficientes, sujos, molhados, embaçados ou quebrados, para notar com acuidade os motociclistas que estão ultrapassando ou se conservam na próximos às laterais por onde as motocicletas podem ultrapassar legalmente pelo código de trânsito ou qualque3r tipo de veículo, melhorando em 80% a segurança no trânsito em qualquer tipo de via.

Ler Mais
  1. DM

Você esquece de analisar a determinação expressa do Código de Trânsito quanto à distância de segurança, que é o que torna trafegar no corredor proibido. Sou motociclista, mas é ilusão querermos nos convencer que isto é lícito e seguro. O corredor é sim um risco que assumimos, e trazemos para nós...

Você esquece de analisar a determinação expressa do Código de Trânsito quanto à distância de segurança, que é o que torna trafegar no corredor proibido. Sou motociclista, mas é ilusão querermos nos convencer que isto é lícito e seguro. O corredor é sim um risco que assumimos, e trazemos para nós a culpa de acidentes causados por trafegarmos ali.

Ler Mais
Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização