Entrar

Status feminino...?

Acompanhando as conquistas que mulheres vêm obtendo nos vários segmentos da sociedade, seja na intelectualidade, na política, esportes e principalmente na atividade que sempre apreciei, motociclismo, parabenizo-as por isso.

Se enfatizei 'motociclismo' prende-se ao fato da minha condição de veterano motociclista, que viu toda transformação ocorrida desde quando as mulheres eram somente garupas, até agora, quando finalmente conquistaram o banco do piloto.

Resolveram por fim pilotar, o que fazem muito bem, só que por enquanto, a meu ver, o fazem mais por ostentação, pelo fato de estarem pilotando motos de grande capacidade e peso, talvez por considerarem ser essa uma forma de 'marcar território', mostrarem 'status', ou simplesmente dizer: "Aqui estamos e chegamos para ficar!".

Com isso, estarão elas procedendo corretamente?

Tendo em vista o intrincado, mas encantador universo mental feminino (inclusive das louras), diria não ser resposta muito fácil para se apresentar agora. Isso por achar inadequado opinar logo após terem elas rompido uma barreira secular, antes tida como intransponível, sendo por isso, um momento de adaptação.

Porém, com minha experiência de veterano que ainda pilota, que conheceu vários tipos de motos, estradas e regiões, acredito que as mulheres, em razão da elegância e sutileza do seu modo de ser, precisam utilizar-se de motos mais leves e versáteis que realmente se coadunem com sua personalidade, com seu físico e a elegância dos seus gestos.

Isso porque:

Da mesma forma que mulher apresenta graça e leveza devido sua constituição feminina, a moto tem de estar afinada com a natureza da sua 'dona' para que haja total entrosamento entre elas.

Exemplificando minha opinião, peço que observem:

Na categoria dos perfumes, todos somos unânimes em afirmar ser a França o país criador dessa gostosa sensação; se falarmos nos visuais de roupas, a afirmação será para a França, Itália e Inglaterra pelo fato de possuírem excelentes figurinistas (designers); mas se o assunto for beleza, elegância e versatilidade em motocicletas, as opiniões continuarão na Europa, porém em países como Alemanha, Inglaterra e Itália, por serem referências da atividade e pelo fato de ainda produzirem motos clássicas, algumas até ainda montadas à mão, mas todas com alta tecnologia e modernidade. Com isso eu estaria até insinuando que a mulher, além de obter 'status' com essas motos européias, terá uma elegante e adequada 'roupa para vestir', compatível com seu peso e porte físico.

Então, a partir do momento que houver essa compreensão por parte das mulheres, certamente entrarão numa outra dimensão pelo fato de se colocarem em outro nível de amizade e afinidade para com sua motocicleta, tornando-se ambas uma só identidade e mútua personalidade.

Isto posto, a partir dessa modesta mas experiente opinião, desejo que as mulheres procurem agora descobrir esse sublime 'estado de espírito', o qual só é sentido por uns poucos privilegiados que têm na motocicleta a extensão dos seus espíritos, do seu 'eu'.

Sentimento esse que se torna eterno enquanto dura!

Motociclistas Invencíveis
João Cruz

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização