Entrar

Isenção Fiscal na contramão

Por que um governo que deseja diminuir o fluxo de carros no trânsito por já estar ele saturado, vem novamente isentar de tributos carros populares 0km?

Agora pergunto, o que é mais popular, carro com poucos cavalos ou motocicleta de poucas cilindradas?

Então, como entender tal incoerência que é dar tal benefício para carros que conduzem, na sua maioria, apenas o motorista?

E os veículos com duas rodas, que têm maior flexibilidade, que ocupam menos espaço no trânsito e levam uma ou duas pessoas a lugares onde carros não vão, como ficam?

Saibam os senhores governantes e legisladores, que esses veículos menores, mais ágeis e econômicos, levam pessoas para o trabalho e muitas delas até trabalham com esses veículos de duas rodas, seja fazendo entregas, conduzindo pessoas sob a forma de táxis e até carretos de objetos também fazem. Se tais veículos tivessem maiores benefícios e melhores condições de transitar por ruas decentes, muitos poderiam ter sua moto ou motoneta e teríamos o problema do transporte coletivo atenuado, inclusive e, principalmente, o trânsito. E com essa maior adesão da população a elas, seus preços certamente cairiam dando mais oportunidade para grande parcela do povo que necessita adquiri-las.

Se o governo olhar melhor para esses veículos de duas rodas, importantes e até vitais para o trânsito atual, compreenderá serem eles uma das principais soluções para a organização no trânsito por aliviar o transporte coletivo e até ajudar no crescimento do país porque trabalhadores irão mais rápido, descansados e otimistas para o trabalho, com condições de produzir muito mais.

Mas infelizmente acontece que além desses veículos não terem os merecidos benefícios, ainda sofrem gravames. Seja através dos impostos, dos seguros obrigatórios ou não.
Por derradeiro afirmo estar sendo este um governo caolho pelo fato de não enxergar para a frente, para a realidade.

Peço portanto às autoridades que repensem nessas suas atitudes míopes e passem a olhar com carinho essa questão porque, para problemas difíceis, as melhores soluções estão nas medidas simples e inteligentes.

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização