Quem diria que veteranos e atuais motociclistas muitos anos depois iriam ver e comprovar a garra das mulheres no motociclismo?

O célebre ditado popular "vivendo e aprendendo" comprova que isso é verdade porque está realmente acontecendo!

Outrora as mulheres, quando muito, e salvem-se as raríssimas exceções, cautelosamente sentavam-se no banco do carona, abraçavam o parceiro com força pela cintura numa mescla de amor e medo, para sentirem-se mais seguras. Mas passado algum tempo e algumas curvas mais sinuosas, e já ficava tudo bem.

Somente então, após estarem tranqüilas, é que participavam efetivamente dos passeios ou das aventuras. E se após decorrido esse natural receio inicial continuavam apertando seus parceiros, aí já seria por outro motivo, motivo esse que nada devo comentar.

Isso só acontecia com as mais arrojadas e corajosas, mas como na vida estamos sempre sendo surpreendidos com fatos novos, aconteceu que com o passar dos tempos elas agora também estão sentadas no banco dos pilotos, e muitos barbados passaram para o banco dos caronas. Inverteram-se os papéis!!!

Poderia eu acreditar que isso um dia aconteceria???

Olha que alguns até zombavam delas dizendo que "lugar de mulher é atrás de um tanque". Caladas, a tudo escutavam.

Bastou alguns anos se passar e acabaram concordando, mas só que atrás de um grande, lindo e colorido tanque de gasolina de uma possante e incrementada motocicleta!

women-riders

Com essa radical mudança é possível ver que após alguns tantos anos contidas dos seus sentimentos, elas por fim puderam desabafar todo carinho que sentiam pelas motos. Carinhos idênticos aos que eu sinto e que todo verdadeiro motociclista, seja ele estradeiro ou não, também sente.

Vi serem essas intrépidas "Joana D'arc" do motociclismo, provas vivas e extremamente lindas que mostram ser o motociclismo igualdade, irmandade, solidariedade e prazer... muito prazer!

Pena que no meu tempo não tenha sido assim.

Bom... mas acontece que felizmente ainda estou vivo!!!

João Cruz é autor do livro Motociclistas invencíveis
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.