Entrar

Hackberry General Store

  • Categoria: Daniel Zan
Texto sobre viagem de moto pela Rota 66

Imagine um museu/armazém com todo o tipo de produtos e lembranças dos tempos áureos do velho oeste. O visual tão emblemático faz de Hackberry um dos pontos altos do roteiro Route 66 & Wild West. Saindo de Kingman pela Rota 66, o local está situado num ponto isolado da estrada, há cerca de 1 hora e meia.

Logo na entrada 02 bombas de combustível muito antigas, um belíssimo Corvette 1957 vermelho conversível, um Ford Modelo A e muitas, muitas quinquilharias.

Dentro da loja se encontra quadros nas paredes e diversos artigos com o tema da rota. Não deixe de experimentar o refrigerante “Route 66 root beer”. No teto, a tinta foi substituída por placas de carros de todos os estados americanos. Há também um mapa mundi com notas de diversos países assinadas e alfinetes que marcam os lugares de origem dos aventureiros. Hackberry é parada obrigatória de grupos que percorrem a Rota 66 com carros antigos e motos.

Do lado de fora, nos fundos, um museu ao ar livre com diversos carros, muitas raridades à venda, por preços que podem variar entre U$ 1.500 e U$ 3.500.

Hackberry1

O Início

Muito antes da própria Rota 66, Hackberry, no Arizona, era uma comunidade de fazendeiros, mineiros e suas famílias. Em 1874, a Mina Hackberry iniciou suas atividades no garimpo de ouro e prata, quando alguns garimpeiros construíram um campo de mineração no lado leste das montanhas Peacock. Em 1882 chegou a ferrovia trazendo o gado dos fazendeiros e levando o ouro e a prata. Hackberry General Store era o armazém destinado a abastecer essas famílias que viviam próximas à linha do trem, afinal de contas, ir e voltar a Kingman num Ford Modelo A era tarefa para pelo menos um dia, pelo que ainda viria a ser a Rota 66. Foram anos de prosperidade até 1919, quando a mina encerrou suas atividades.

Hackberry2

Com a chegada da Rota 66 na década de 1920, o armazém voltou a prosperar, até que a rodovia interestadual levou o tráfego de veículos entre Kingman e Seligman e Hackberry encerrou suas atividades. No início da década de 1990, Bob Waldmire passava por ali com sua Kombi e encontrou o local abandonado. Comprou e reformou para reabertura, em 1992. Hackberry tornou-se um museu que resgata a memória e o espírito das décadas passadas. Bob faleceu em 1998 e o local foi comprado pelos irmãos John e Kerry Pritchard, que são seus atuais proprietários.

Daniel "Zan" de Oliveira Neto

Comentários (1)

  1. Borges Vet

muito boa matéria poderia expandir mais

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização