Imagine um museu/armazém com todo o tipo de produtos e lembranças dos tempos áureos do velho oeste. O visual tão emblemático faz de Hackberry um dos pontos altos do roteiro Route 66 & Wild West. Saindo de Kingman pela Rota 66, o local está situado num ponto isolado da estrada, há cerca de 1 hora e meia.

Logo na entrada 02 bombas de combustível muito antigas, um belíssimo Corvette 1957 vermelho conversível, um Ford Modelo A e muitas, muitas quinquilharias.

Dentro da loja se encontra quadros nas paredes e diversos artigos com o tema da rota. Não deixe de experimentar o refrigerante “Route 66 root beer”. No teto, a tinta foi substituída por placas de carros de todos os estados americanos. Há também um mapa mundi com notas de diversos países assinadas e alfinetes que marcam os lugares de origem dos aventureiros. Hackberry é parada obrigatória de grupos que percorrem a Rota 66 com carros antigos e motos.

Do lado de fora, nos fundos, um museu ao ar livre com diversos carros, muitas raridades à venda, por preços que podem variar entre U$ 1.500 e U$ 3.500.

Hackberry1

O Início

Muito antes da própria Rota 66, Hackberry, no Arizona, era uma comunidade de fazendeiros, mineiros e suas famílias. Em 1874, a Mina Hackberry iniciou suas atividades no garimpo de ouro e prata, quando alguns garimpeiros construíram um campo de mineração no lado leste das montanhas Peacock. Em 1882 chegou a ferrovia trazendo o gado dos fazendeiros e levando o ouro e a prata. Hackberry General Store era o armazém destinado a abastecer essas famílias que viviam próximas à linha do trem, afinal de contas, ir e voltar a Kingman num Ford Modelo A era tarefa para pelo menos um dia, pelo que ainda viria a ser a Rota 66. Foram anos de prosperidade até 1919, quando a mina encerrou suas atividades.

Hackberry2

Com a chegada da Rota 66 na década de 1920, o armazém voltou a prosperar, até que a rodovia interestadual levou o tráfego de veículos entre Kingman e Seligman e Hackberry encerrou suas atividades. No início da década de 1990, Bob Waldmire passava por ali com sua Kombi e encontrou o local abandonado. Comprou e reformou para reabertura, em 1992. Hackberry tornou-se um museu que resgata a memória e o espírito das décadas passadas. Bob faleceu em 1998 e o local foi comprado pelos irmãos John e Kerry Pritchard, que são seus atuais proprietários.

Daniel "Zan" de Oliveira Neto

Comentários (1)

This comment was minimized by the moderator on the site

muito boa matéria poderia expandir mais

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Motos Adventure - expedição de moto pelo mundo

Livro sobre viagem de moto até o Atacama