Nesse dia visitei o Tsuglagkhang, um complexo na pequena cidade de McLeod Ganj onde vive o Dalai Lama. Existe no lugar um grande monastério, o maior do mundo fora do Tibete, para onde vão milhares de budistas meditar e recitar mantras.

McLeod Ganj fica a 9 km de Dharanshala, onde fiquei hospedado, e é acessado por uma estrada simples, que precisa de reparos e contorna a montanha coberta por uma floresta de cedros onde o complexo foi contruído. Entre os dois, uma grande base do exército indiano.

O complexo é um edifício simples, sem luxos, onde estão a residência do próprio Dalai Lama, habitações dos monges, museu, biblioteca, livraria, salões de meditação e templo.

O Dalai Lama refugiou-se no lugar em 1959, depois que o Tibete foi ocupado pela China, e estabeleceu lá a Administração Central Tibetana ou Governo Tibetano em Exílio.

Havia centenas de monges e seguidores do budismo recitando mantras em voz alta, lendo as orações que estavam escritas em folhas de papel compridas que compunham livros sagrados. Pude acompanhar todo o movimento, visitar o altar, comer pão e tomar chá, servido pelos monges para todos que se encontram no lugar.

Quando estava retornando para a moto, escutei uma senhora falando português. Cumprimentei e era um grupo de cariocas visitando o complexo. Os primeiros e únicos brasileiros que encontrei durante toda a viagem.

Na volta para Dharanshala, parei na Igreja de St. John, uma igreja cristã anglicana dedicada a São João Batista, construída pelos ingleses em 1852 no meio da floresta,

À noite comi um sanduíche, de novo no Domino's, e assisti a um teatro para crianças com tema religioso.

Comentários (3)

  1. André Ramon

Que viagem fantástica...

Difícil, é verdade. Mas, fantástica!!!!

Uma cultura totalmente diversa da nossa... Estradas que são verdadeiros desafios à pilotagem, experiência e habilidade, mas, que levam o corpo e a alma ao limite extremo...

Cara, isso é realmente pra poucos... Muito poucos mesmo!!!!

Você realmente é iluminado!!! Diferenciado mesmo!!!

Eu confesso que não sei se iria aguentar o "tranco" de uma viagem dessas sozinho...

Obrigado por apresentar essas facetas do mundo pra gente Rômulo...

Que Deus te abençoe e te dê muita saúde e condições físicas e financeiras pra você continuar a desbravar esse "mundão!!!!"

Shoooooowwwwwwwwwww!!!!!!!!

  1. Rômulo Provetti    André Ramon

Olá André Ramon.
É difícil mesmo, mas essas aventuras valem a pena para quem quer conhecer os próprios limites e entender um pouquinho de si próprio.
Muito obrigado pelas mensagens e um grande abraço para você e sua família.

  1. André Ramon    Rômulo Provetti

"Tâmo junto" camarada!!!!!

Grande "motoabraço!!!!!!!"

Tudo de bom pra sua família tbm!!!!


André Ramon.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização