Entrar

8º dia – Ica (PE) a Cuzco (PE)

Saí cedo do hotel e fui até o Oasis de Ica, chamado Huacachina, uma nascente de água que fica entre enormes dunas. É o principal ponto turístico da cidade, com direito a baladas noturnas, bugs, esqui bunda, caminhadas, etc.

Tentei ver o nascer do sol ali, mas não tive êxito, pois estava nublado. Tentei subir uma duna e não consegui, elas são muito altas e por mais que nas fotos não pareça, são extremamente difíceis de subir. A moto atolou imediatamente em contato com a areia e tive que fazer o passeio a pé. Um passeio diferente e bonito que sempre me deixou curioso de como seria um Oásis no deserto. Embora habitado não tiro o mérito desse lugar.

Viagem de moto Tenere Bolivia Peru

No caminho da Panamericana existem pontos onde é possível ver as linhas de Nazca e o lugar onde o povo aplainou o topo da montanha.

O retorno foi contra minhas regras, mas não queria correr riscos por estar com uma dor nas costelas e retornei pelo mesmo caminho até Cuzco.

Cheguei à cidade às 18h e me hospedei no mesmo hotel de antes. No caminho de volta, conheci um peruano gente boa que fez uma viagem de 100 dias pela América do Sul, mas por coincidência, aquele era o ultimo dia de viagem dele.

Percorri 800 km nesse dia.

Comentários (0)

Não existem comentários postados aqui ainda.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização