Quando chegamos ontem na Cidade de Uyuni, procuramos o Hotel que nos indicaram em Potosí chamado Jardines e lá fica o escritório da agência que contratamos para fazer um tour pela região, a Hidalgo Tour.

O Tour é de três dias e inclui uma visita ao Salar e a uma série de lugares que ficam na região sudoeste da Bolívia até a divisa com o Chile. Inclui um carro 4X4 e todas as despesas durante os três dias - almoço, jantar, hospedagem, um motorista e um guia bilíngue -, e é exclusivo, ou seja, o passeio não é em grupo, mas dedicado a nós dois. Bom, pagamos o preço pela mordomia e exclusividade, mas valeu a pena já no primeiro dia.

No horário marcado estavam lá o motorista Rubén e o Guia Osvaldo. Partimos para o Salar, passando antes em uma comunidade para conhecer o processo de refinamento e ensacamento do sal, todo manual por aqui. Aproveitamos para comprar em umas lojinhas um chapéu para proteger do sol e um poncho para proteger do frio.

Seguimos por uma estrada de cascalho poeirenta que corta uma paisagem desértica feia e suja, cheia de sacos plásticos espalhados pelo vento.

Dali a pouco começamos a ver uma área muito grande, clara e plana. Antes de entrar no Salar paramos em um hotel espetacular, com tudo feito de sal, paredes, pisos, móveis com decoração rústica e bonita. No local onde o hotel está o terreno tem sal mas misturado com terra. Pegamos botas emprestadas e voltamos para o carro que seguiu para o Salar. Entramos no Salar que estava coberto de água, como eu queria que estivesse.

E foi o que ocorreu hoje, vimos as montanhas em volta cobertas, inclusive algumas que ainda estão com seus picos nevados, e no Salar o céu completamente azul, com poucas nuvens avançando sobre ele e logo se dissipando.

Avançamos lentamente por muitos quilômetros em direção ao meio (que ainda ficou muito longe). Sem vento a maior parte do tempo, a água formou um espelho que refletia tudo ao nosso redor, objetos, montanhas, carros, pessoas e os flamingos que a toda hora sobrevoavam próximo.

Montei uma apresentação com uma parte das fotos que mais gostei e publiquei no link abaixo. Acho que algumas pessoas que aparecem nas fotos são japoneses que estavam longe e eu captei as imagens sem que eles percebessem. Gostei muito do resultado e espero que você que está lendo goste também. Se você tem internet banda larga e não tem medo de ficar tentado a visitar este lugar fantástico, recomendo ver esta apresentação. Pode também copiar o link abaixo e mandar para os seus amigos.

https://docs.google.com/a/provetti.com/presentation/d/10HwM0oUs9cn7KqjCQ6m6jLFAzC-ZLe8KTMXYjpX9x6g/present#slide=id.p13

Almoçamos no próprio Salar, em uma mesa montada pelos nossos amigos. Foi outra experiência inesquecível, não pela comida que era realmente boa, mas pelo visual. O único som que escutávamos era da nossa respiração ou quando algum de nós falava algo. Mas estávamos tão inebriados com tudo que nem falar falamos. Para quê? Tudo que precisava ser dito era visto pelos olhos.

Antes de ir para o Salar o Osvaldo recomendou usarmos bastante filtro solar e comprar um chapéu. Passamos o filtro solar nas partes onde normalmente o sol afeta, mas a claridade e o reflexo nos queimaram por baixo, onde normalmente fica branco, como o pescoço e debaixo dos braços.

Depois de ver esta maravilha, voltamos para o hotel para descansar e retornamos ao Salar para ver o pôr do Sol. Estava ventando e fazendo muito frio.

Mais tarde jantamos no hotel uma especialidade da casa, um frango assado durante 8 horas em pedras de sal. Uma delícia. Tinha também carne de lhama, arroz e legumes.

O apartamento era rústico e confortável. Destaque para a cúpula redonda com muitas estalactites formadas pela infiltração da água pelo sal.

Mais tarde jantamos no hotel uma especialidade da casa, um frango assado durante 8 horas em pedras de sal. Uma delícia. Tinha também carne de lhama, arroz e legumes.

Como não tinha internet ou televisão, às 21 horas já estávamos dormindo.

Números do dia:

Distância percorrida: 30 km de carro

Serviço de turismo: R$ 938,65 para os três dias
Cerveja: R$ 4,97
Gorjeta: R$ 4,97