Saímos de Ji Paraná por volta de 9 horas. Deveríamos ter saído mais cedo, pois a demora nos fez viajar à noite, o que eu não aprecio muito.

Antes que me esqueça, o hotel que ficamos em Ji Paraná, o Transcontinental, é muito bom, como escrevi ontem, o melhor até agora, com uma estrutura muito boa, mas completamente vazio, não sei o motivo.

Como citei acima, a estrada melhorou muito, conseguimos desenvolver uma velocidade razoável que nos permitiu recuperar a distância feita a menos ontem. Os buracos continuaram aparecendo, mas em menor quantidade. Passamos por trechos em obras que nos obrigaram a passar por estrada de terra, mas curta e bem compactada, sem sustos.

Hoje pegamos muita chuva. Pouco antes de chegar em Porto Velho pegamos uma que não nos permitia ver mais que 100 metros à frente, o que dificulta bastante na hora de ultrapassar um caminhão, que aqui desenvolvem uma velocidade razoável por causa da topografia plana e das grandes retas. Quando chegamos em Porto Velho paramos em um posto para abastecer e aí caiu o mundo. Uma tempestade. Aguardamos um tempo até melhorar, colocamos as jaquetas de cordura, que são impermeáveis mas quentes e voltamos para a estrada. Aí parou de chover e sofremos bastante com o calor.  A câmera que levo no bolso é que sofreu mais, pois uma abertura no fecho fez ela tomar um banho. Mas fora uma mancha no visor, aparentemente não teve problemas mais graves.

Para quem está lendo este relato e pretende fazer esta viagem, é importante destacar que depois de Porto Velho o primeiro posto fica quase 270 km de distância. Se a moto não tem autonomia o viajante pode ter problemas. Ou a moto porde ter uma boa autonomia mas ficar tentado, como nós ficamos, com as grandes retas e resolver enrolar o cabo e depois passar aperto.

Atravessamos o Rio Madeira utilizando uma balsa. Justificando o nome, vimos grande quantidade de pedaços de madeira descendo o rio. O trecho que percorremos passa próximo à divisa com a Bolívia, que nos fez lembrar que será um dos nossos destinos nesta viagem, mas não agora. Onde paramos as motos fazem muito sucesso, com pessoas vindo conversar com a gente, perguntar onde estamos indo. É muito legal esta interação.

Pegamos noite na estrada, um pouco por falta de opção de hospedagem decente entre as cidades que percorremos, um pouco por teimosia também. Como disse, não gosto de viajar à noite, principalmente por estradas que não conheço, mas tiramos de letra e a estrada não estava tão ruim.

O maior destaque foi o pôr do Sol. Um dos mais bonitos que já ví e como estávamos viajando em direção oeste, demorou mais que o normal. Maravilhoso!!! As fotos que tirei não refletem nem de longe o que presenciamos.

Estamos hospedados num hotel simples mas funcional e limpo chamado Gameleira.

Amanhã entramos no Peru (ui!!!). Se tudo der certo, pernoitamos na cidade de Puerto Maldonado, atravessando a Amazônia Peruana. No dia seguinte, vamos enfrentar a altitude dos Andes.

Aos amigos que deixaram dezenas de mensagens, nosso muito obrigado. Recomendo que vocês retornem lendo as mensagens deixadas, algumas nos emocionaram muito e tenho certeza de vocês também apreciarão.

Números do dia:

Distância: 923,2 km
Total percorrido: 3.698 km
Consumo: 47,33 l
Média de 17,335 km / l
Preço médio: R$ 2,9778 / l
Gasto combustível: R$ 140,93
Hospedagem: R$ 80,00
Balsa: R$ 4,00
Lanches: R$ 20,00

Comentários (13)

This comment was minimized by the moderator on the site

Fico feliz em estar presente em uma das fotos que constam no 2º dia, que foi tirado em Santa Rita (divisa do Mato Grosso)... Estou acompanhando a viagem de vocês... Parabéns. Fotos bonitas, pretendo um dia estar presente nestas viagens.

This comment was minimized by the moderator on the site

Pois é, depois de tanto km e buraco, já podem se dizer também doutorados em estrada ruim... Agora vamos combinar que o trecho que rodaram a noite correram muito risco, amigos... Por favor, não vão matar a gente do coração assim!! Hoje em terras Peruanas, Deus lhes ajude, vão com cuidado!! Onde vão fazer a troca de óleo das HD´S? Já tá na hora... Tão planejando para Cuzco?? Grande abraço, tamos na coruja! PHD Adriano AD Mogi Mirim - SP

This comment was minimized by the moderator on the site

Cara,animal essa viagem!!!!!Dou os parabéns pela coragem de desbravar esse continente.Agora esse mês,uma turma aqui da minha cidade vai para o Chile,pena não poder acompanha-los. Agora uma pergunta:Vocês já rodaram pelo Sul do Brasil?Pois moro no interior de SP,e uma das metas desse ano é fazer uma viagem para Gramado - RS.Se puderem me dar algumas dicas,ficaria muito agradecido.

This comment was minimized by the moderator on the site

Rapaziada, aqui neste momento e 1 hora da manha, estou lendo e olhando suas fotos e olhanda para minha fat boy ao lado e me da uma tremenda vontade de estar junto com voces nesta magnifica viajem. Bem so posso deseja-los muita tranquilidade e que DEUS vos acompanhe nesta jornada. Carlos

This comment was minimized by the moderator on the site

MEUS CAROS AMIGOS MOTOCICLISTAS, EU ESTOU MARAVILHADO COM TUDO !!! ESTOU CURTINDO MUITO CADA DIA. FIQUEM FIRMES, APESAR DO ESFORÇO FÍSICO TUDO VALERÁ A PENA !!! FIQUEM COM DEUS.... E ACELEREM !!! ABRAÇOS DO DIGÃO DE DIVINÓPOLIS- AUTOZERO MOTORCYCLES

This comment was minimized by the moderator on the site

Barbaridade che, estan andando mucho mismo, estamos muito felices por vocês e com muita saudade também, eu mandei uma mensagem para Marcelo pelo niver dele, não sei se a recebeu, manda um abraço a ele por favor. Vocês são nota 1000, fuerza muchachos.

This comment was minimized by the moderator on the site

Beleza pessoal, estão indo bem.....continuem firmes..... Abraço. Laercio

This comment was minimized by the moderator on the site

Caramba!!!Média de 700 KM/dia. tão andando bem hein...estamos juntos nessa jornada... continuem com Deus, Júlio

This comment was minimized by the moderator on the site

Prezados Marcelo e Rômulo: Estou acompanhando a viagem pelo site, show de bola. Que os Anjos da estrada continuem protegendo a viagem de vocês dois. Buena Suerte e voltem com boas histórias para nos contar!

This comment was minimized by the moderator on the site

Rômulo e Marcelo Os seus relatos e fotos tem tornado esta viagem (virtual no meu caso) muito instigante, fazendo-me refletir sobre as oportunidades que temos de realizar grandes viajens de moto dentro do nosso próprio país, com toda a sua diversidade, dificuldades e muita beleza natural e do povo. Que continuem esta grande aventura com a proteção DELE. abç

This comment was minimized by the moderator on the site

Vejam só, 5 dias pilotando em média mais de 700 km/dia e ainda não sairam deste país de dimensões continentais. A gente percebe que falta vontade em nossos dirigentes para zelar pelas nossas riquezas, pela infraestrutura, pelo nosso patrímônio, enfim pelo nosso querido Brasil, abdicando de interesses pessoais, de carteis econômicos e por que não ideológicos? Uma viagem dessa mostra a pujança da nossa nação e da riqueza que temos. Devemos cuidar, fazendo nossa parte e exigir que nossos governantes trabalhem com afinco e honestidade para que ele se torne mais justo e melhor para nós e nossos filhos. Parabéns aos nossos viajantes. Continuem a nos fazer sonhar, refletir e sobretudo acreditar.

This comment was minimized by the moderator on the site

GALERA - FIBRA PURA - VÁ EM FRENTE. PARABENS

This comment was minimized by the moderator on the site

estou viajando junto virtualmente com a minha gs 1200 imagino a adrenalina evitem de andar a nooite que deus os acompanhe.

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização