alt

América do Norte, Oregon,USA

Eureka – Portland (Parcial = 715 Km / Total = 17.072 Km)

Partimos de Eureka às 7 horas com o tempo nublado e seguimos pela US 101 Norte, percorrendo uma longa distância, próximo ao mar.

Em Berry Glenn, penetramos em uma região serrana com rios límpidos e florestas lindíssimos, onde a estrada passava entre árvores enormes e tão próximas umas das outras que dificultavam a penetração da luz do sol.

Nas primeiras horas da manhã, uma cerração intensa dificultava a visibilidade, limitando o alcance da visão a uns 50 m. O frio causava dor nas mãos e o termômetro da Electra marcava em torno de 40º F.

Depois de Crescent City, entramos pela US 199 e passamos por florestas fechadas com povoados esparsos, onde os tipos de casas antigas, os adornos e esculturas a beira da estrada mostravam que ali é terra de lenhadores.

Em Grants Pass, pegamos a I-5/Norte, iniciando a região de grandes fazendas e plantações, quando a temperatura voltou a normalizar.

Atravessamos Eugene e Salem, através de grandes avenidas, acompanhando o fluxo de veículos, em cinco faixas de rolamento, sem reduzir a velocidade abaixo de 100, como tem acontecido na grande maioria das cidades. E assim também foi a nossa chegada em Portland, que nos impressionou com seus grandes arranha-céus e as várias opções de acesso através de uma infinidade de viadutos, como é a visão comum para quem chega pela estrada nas médias e grandes cidades americanas.

É sempre um problema para o motociclista entrar e sair de uma grande cidade, quando não a conhece. Assim, temos reservado os hotéis na entrada ou saída das cidades, a fim de não nos afastarmos da nossa via de trânsito, no caso, a I-5/N.

É importante enfatizar que além da beleza, limpeza e organização das pequenas e grandes cidades, em toda costa leste, é impressionante o respeito e o cuidado que os motoristas de carros, ônibus e caminhões tem com os pedestres, ostensivos aos motociclistas. A educação e a gentileza são a base de todas as situações e experiências que vivenciamos com eles até agora, nas excelentes estradas dos Estados Unidos da América.


PHD Artur Albuquerque
Fonte: http://phdalaska.hwbrasil.com/site/ e http://www.phd-br.com.br/

Comentários (1)

This comment was minimized by the moderator on the site

Mano Albuquerque, Temos muitas coisas em comum. Entre elas, o Grande Arquiteto do Universo e a paixão por pilotar motos e aviões. Vamos pegar nossas motos em Anchorage na segunda feira, dia 18. Seria uma grande coincidência nos encontrarmos no Alaska, heheheheh Se tiver um tempinho, dá uma olhada no nosso blog www.motoalaska.com.br

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

  1. Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.

Livros sobre viagens pela América do Sul e Himalaia