Viagem de Moto Viagem de Moto Inspirando viajantes

A marcha para o Oeste

Kayenta (AR) – Hurricane (UT)

Marcha para o OesteOntem à tardinha, chegando a Kayenta (AR), cidade em uma reserva indígena dos Navajos, procurei vaga em um dos muitos hotéis da cidade: todos lotados e o único que tinha uma vaga, ainda assim de fumante, custava 240 obamas. Só se eu "fumasse" mesmo ! Como se não bastasse, o atendimento era feito pelos próprios índios que olhavam para mim como se eu fosse o próprio General Custer, a impressão é que iam me escalpelar a qualquer momento. Saí dali rápido, temendo pela integridade de meus parcos fios da outrora juba.

Em geral não tenho esse tipo de problema, pois quando saio de uma cidade já estou com uma reserva feita na próxima, mas como saí de Monticello sem saber para onde iria, deixei para fazer depois de decidir.

Hurricane Zion National Park

Marcha para o OesteHoje resolví tirar o dia para descansar, pois o sol no lombo desgasta uma barbaridade, apesar de todo o líquido ingerido.

Como estava de bobeira, a moto sem a bagagem em cima e o dia convidadivo, resolvi dar uma chegada à região do Zion National Park e filmar a estrada que leva até a entrada do parque.

Logo no ínicio da estrada, deparo-me com o Fort Zion onde, em 2010, minha vida esteve por um fio, num terrível combate com os índios moicanos comandados pelo abominável "Nine Fingers". Esta história está narrada no meu blog, no post referente à viagem pela Route 66 em outubro de 2010. De qualquer forma, resolví passar no Fort Zion e ver como estavam as coisas.

Hurricane (UT) - Las Vegas (NE)

Marcha para o OesteOntem tirei o dia para descansar, mas ainda assim, dei uma passada na concessionária Harley-Davidson local, que já conheci em 2010. Aproveitei para comprar o casaco de verão, recomendado pelo Wolfmann, e ainda filei o churrasco gringo, feito com hamburguer e pão !

À tardinha no hotel, depois que refrescou um pouco, regulei o "push-rod" e o cabo de embreagem da Helô e parece que ficou mais leve.

Deixei tudo preparado e hoje pela manhã sai antes das 8 horas.

Las Vegas (NE) – Barstow (CA)

Marcha para o OesteFechei minha conta no Excalibur, em Las Vegas, cuja reserva iria até amanhã, porém, não aguentei mais. Las Vegas, para mim, são 3 dias no máximo e depois é pé na estrada. Muitas luzes, muito cigarro, muito jogo, muita gente e pouca moto.

Ontem à noite, deixei toda a tralha amarrada na moto e mantive-a coberta com a capa no estacionamento do hotel. Fiquei meio preocupado e toda hora olhava pela janela, mas eu estava na Torre 1 que, embora tenha uma linda vista, não alcança o estacionamento.

Barstow (CA) - Cedar City (UT)

Macha para o OesteO calor aqui está terrível, nunca senti tanto calor na minha vida. Engraçado que até umas 9h30 a 10 horas a temperatura é civilizada e consegue-se viajar sem maiores problemas, mas a partir de 11 horas é uma coisa de louco, principalmente na região dos desertos de Nevada e de Mojave, já peguei temperaturas de quase 46 graus.

Claro que a moto não estava à sombra, mas eu também não piloto à sombra.

Cedar City (UT) - Honeyville (UT) 16 de agosto de 2013

Marcha para o OesteComo a experiência de ontem de pegar a estrada bem cedo pela manhã foi bem sucedida, repeti a dose hoje, tendo o cuidado de comprar um desjejum a base de iogurte, cereais e salada de frutas. A grande vantagem destes motéis pequenos é que eles têm freezer, micro-ondas e cafeteira, além de fornecerem o pó de café. A recepção estava fechada e deixei as chaves em cima da cama mesmo.

Peguei a estrada às 6h34, ainda estava um pouco escuro e a temperatura me obrigou a colocar casaco de couro, chaparreira e lenço no pescoço, mas prefiro assim do que a fornalha acesa.

Honeyville (UT)

Marcha para o OesteVou ficar em Honeyville hoje e amanhã e só na segunda-feira retomo a viagem em direção ao Grand Teton (Wyoming). Acontece que os hotéis estão lotados, pelo menos via Booking e Hotwire.com, e somente hotéis com diárias de 350 dólares para cima tem vagas. E no que depender de mim, ficarão assim até o dia do juízo Final.

Honeyville (Utah)

Marcha para o OesteOntem na piscina do Crystal Hot Springs, conheci um grupo aqui da cidade e, quando souberam que eu era brasileiro, a conversa fluiu com facilidade.

Ao final, uma das participantes convidou-me para assistir ao culto de domingo, hoje, na Capela Mórmon. Aceitei, pois sei que isso é uma grande consideração, e aprendi um pouco mais sobre esse país e sobre os Mórmons. Todos são muito comunicativos, simples e bem humorados e tratam-nos com toda consideração e igualdade, independente de seu credo religioso.

Honeyville (Utah) - Jackson (Wyoming)

Marcha para o OesteHoje acordei cheio de preguiça, muito mais do que o usual. Por mim, continuaria na cama e viajaria só amanhã. Acontece que eu tinha reservado hotel em Jackson e assim, meio que no "tranco", levantei, banho, by passei a barba (faço amanhã), café, tralha arrumada e o milagre acontece: ao sentar na moto, calçar as luvas, afivelar o capacete e iniciar os procedimentos para colocar a Helô no ponto de pegar a estrada, tudo se modifica, acaba a preguiça, os batimentos cardíacos entram na frequência que meu cardiologista iria ficar orgulhoso e a vontade de pilotar a Helô retira cerca de 40 anos da carcaça. Nada mais me assusta, nada mais é impossível para mim. E como se não bastasse, ELE jamais me abandonará. Vamos em frente que ainda temos muito chão pela frente.

CADASTRE-SE PARA RECEBER AS VIAGENS PUBLICADAS

Você poderá sair da lista de e-mail a qualquer tempo.