Segui pela BR-101 até próximo a Curitiba, quando peguei a BR-476 em direção a Apiaí, com a intenção de percorrer a Estrada para o Rastro da Serpente.

No início, passando por Colombo, ainda na Região Metropolitana de Curitiba, são muitos quebra-molas e sinais sem nenhuma sincronia. Depois inicia uma boa estrada, chamada oficialmente de Estrada da Ribeira e que os motociclistas resolveram denominar de Rastro da Serpente por causa das suas muitas curvas. Segundo um amigo motociclista, o Adriano, são 580 curvas em cerca de 140 km. São curvas que exigem técnica para contornar com segurança.

O grande problema dessa estrada é que ela tem um grande fluxo de caminhões, algumas curvas apresentam irregularidades e sujeira no asfalto e em uma, inclusive, havia um grande buraco exatamente no lugar em que se faz a tangência com a moto, o que exige grande prudência ao percorrê-la.

No início, perto de Colombo, a estrada estava molhada pela chuva, depois, seca, consegui fazer o percurso com rapidez, raspando a plataforma da moto em várias curvas. Foi gostoso fazer esse trecho durante a viagem. Pena que a região não tem nenhuma infraestrutura de apoio, mirantes, etc. Um único lugar que achei para parar que tinha um visual legal do horizonte estava cheio de lixo.

Ao chegar a Adrianópolis voltou a chover. O trecho seguinte, até Apiaí, tive que fazer com baixíssima velocidade. Na primeira curva depois de Adrianópolis a roda traseira da moto tentou passar à frente da roda dianteira. Segui viagem e na curva seguinte a moto dançou bastante. Havia muito óleo derramado na estrada pelos caminhões de madeira que a utilizam.

Em Apiaí tirei a foto em frente à placa e segui viagem. O GPS me mandou para uma estrada municipal asfaltada que depois vira terra. Antes de percorrê-la eu estava na dúvida se era o caminho correto, perguntei para um motorista e ele me disse que era asfalto. Tive que retornar à cidade para seguir pelo caminho correto, depois de perguntar mais de uma vez. Foram 54 km ida e volta por causa desse erro.

Entre Apiaí e Capão Bonito são 86 km de uma estrada que é um lixo, a moto pulou mais que cavalo chucro e teve como consequência danos no amortecedor dianteiro.

Depois de Capão Bonito uma estrada excelente, com pedágio, mas moto não paga.

Estava passando por Itapetininga quando anoiteceu, então resolvi ficar na cidade. Procurei um hotel e encontrei fácil o Colonial, bom hotel, me deixaram colocar a moto em uma área próxima à recepção.

Números do dia:

Distância percorrida: 643 km

Abastecimentos:

Itapema
R$ 20,96
7,23 litros
R$ 2,899 / l
142,2 km
19,67 km / l

São José dos Pinhais
R$ 38,02
12,27 litros
R$ 3,099 / l
219,8 km
17,91 km / l

Apiaí
R$ 32,02
10,367 litros
R$ 3,089 / l
204,5 km
19,73 km / l

Capão Bonito
R$ 25,41
8,702 litros
R$ 2,92 / l
154,2 km
17,72 km / l

Lanche: R$ 2,00

Pedágios: R$ 2,70

jantar: R$ 37,00

Hospedagem: R$ 95,00

Comentários (3)

  1. Geraldo Magela dos Reis

Olá amigo Rômulo, blz? Parabéns pela escolha do "Rastro da Serpente", nossa "Tail of dragon" tupiniquim. Essa é uma possibilidade na nossa aventura para o Sul este ano em setembro. É bom saber as condições das estradas, fluxo de caminhões, época apropriada e etc... Você publicou no site: viagem de moto, nossa Expedição Machu Picchu Cone Sul 2013. Gosto muito de visitar este web sítio, pois aqui encontramos muitas experiências de irmãos motociclistas que aventuram pelas américas. Continuo acompanhando, torcendo por você. Um abraço. Geraldinho

  1. Clayton Zanin

Olá Romulo, como vai? Não sei se lembra de mim, mas faz muito tempo eu escrevi para voce perguntando de umas dicas de grupos para passeios de motos, etc... Pois bem voce me indicou os Biduzidos e hoje sou membro do Grupo e já fizemos varios passeios juntos... Obrigado!!!! Sempre acompanho seus relatos principalmente pelo Facebook e ainda quero comprar seu livro sobre a viagem na America do Sul... Acho que voce é uma inspiração para todos nós que gostamos de viajar de moto!!! Agora depois de muito relutar eu comprei uma Harley Deluxe 2006 e ainda não me adaptei muito a posição de pilotar e ao banco que me causa dor no cóccix... Será que poderia me dar umas dicas de como voce consegue melhorar o conforto da Harley? Parece que colocou um apoio para a coluna e ainda leva uma mochila atrás no lugar do garupa, correto? Poderia me mandar fotos mais de perto e também indicar os lugares que comprou o encosto e também a mochila, pois minha deluxe não tem malas laterais... Muito obrigado e que tenha um excelente retorno para BH. Espero um dia conhece-lo pessoalmente! Abraço Clayton Zanin

Seja o primeiro a comentar este artigo.

Deixar seu comentário

Postando comentários como visitante. Cadastrar ou login na sua conta.
0 Characters
Anexos (0 / 3)
Compartilhar sua localização